Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Porsche dirigido por amigo de Paul Walker estava a 160 quilômetros por hora, diz laudo

Autoridades de Los Angeles divulgam, pela primeira vez, detalhes sobre as condições do veículo e estado dos corpos das vítimas

O ator da franquia Velozes e Furiosos, Paul Walker, e seu amigo Roger Rodas estavam em um Porsche Carrera GT a uma velocidade de 160 quilômetros por hora, quando o carro bateu e pegou fogo. O acidente ocorreu em 30 de novembro de 2013 na cidade de Santa Clarita, ao norte de Los Angeles, e matou Walker e Rodas. As informações fazem parte do laudo da autópsia, divulgado nesta sexta-feira por autoridades de Los Angeles, nos Estados Unidos.

Leia também:

Paul Walker ganha tributo com cenas de “Velozes e Furiosos”

Falha mecânica pode ter causado a morte de Paul Walker

O laudo toxicológico revelou que Walker, 40 anos, e Rodas, 38 anos, não haviam consumido álcool ou drogas antes do acidente. O documento, no entanto, não apresenta outras informações que indiquem o que fez Rodas perder o controle do veículo, levando-o a bater contra uma árvore e um poste de luz. “A força da colisão fez o veículo girar 180 graus e o lado do passageiro se chocou contra uma árvore, antes de explodir em chamas”, aponta o relatório.

Segundo as autoridades, Walker sofreu fraturas nos braços, costelas e rosto e “não pôde ser identificado visualmente devido à extensão de seus ferimentos”. Rodas sofreu fraturas semelhantes. Os corpos das vítimas foram encontrados em posição “pugilística”, expressão que descreve “a forma como os músculos se contraem devido ao calor, até o corpo adotar uma postura similar a de um boxeador”.

De acordo com o jornal Los Angeles Times, a edição limitada do Porsche, fabricado em 2005 e avaliado em 400.000 dólares, é difícil de controlar. Ele é capaz de alcançar 160 quilômetros por hora em menos de sete segundos. O veículo não possui sistema de gestão de estabilidade, que equipa a maioria dos modelos da marca. A montadora deve enviar engenheiros à Los Angeles até o final de janeiro para analisar o sistema de recuperação de dados do veículo.

Carreira interrompida – Walker se destacou nos filmes da franquia Velozes e Furiosos, nos quaisna qual interpretava o policial Brian O’Conner ao lado de outros astros de Hollywood, como Vin Diesel e Michelle Rodriguez. A morte do ator levou os produtores de Velozes e Furiosos 7 a suspender as gravações do filme, que seria lançado em julho.

Amante da velocidade, Walker disputava corridas de carros e, nos filmes que atuava, costumava participar de cenas perigosas.

(Com agência France-Presse)