Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Porchat presta homenagem a Agildo Ribeiro: ‘Obrigado por tudo’

Danilo Gentili disse que pensava em convidar o humorista para interpretar um personagem na série que está produzindo

A morte de Agildo Ribeiro repercutiu entre humoristas e outras personalidades do país. O apresentador Fábio Porchat, que homenageou Agildo durante uma premiação que organizou em março, disse que será triste pensar na comédia brasileira sem as piadas do ator.

Agildo sofria de problemas cardíacos e morreu em sua casa no Leblon, no Rio de Janeiro, neste sábado, aos 86 anos. Ele fez longa carreira na TV Globo e ficou famoso em atrações como “Planeta dos Homens”, “Zorra Total“, “Escolinha do Professor Raimundo” e “Sítio do Picapau Amarelo”.

“A comédia brasileira perde mais um Grande! Triste pensar num mundo sem as piadas do Agildo. Obrigado por tudo o que fez por nós! Tenho a certeza de que o Prêmio do Humor só teve a ganhar com sua história!”, escreveu Porchat em seu Instagram.

O ator Lúcio Mauro Filho também recordou um encontro com Agildo durante a premiação organizada por Porchat. Ele rendeu homenagens com uma foto ao lado do humorista e um longo texto postado no Instagram.  “O mundo inteiro perde quando um artista como o Agildo parte. Eu perco um pedacinho da minha vida, que se esvai deixando um gosto de uma saudade doce.”

O humorista Danilo Gentili afirmou que havia criado um papel para Agildo interpretar na série que está preparando, chamada “Os Exterminadores do Além”. “Entregamos os episódios ontem pra Warner Channel. Chamá-lo seria a próxima etapa. Uma pena que não deu tempo. Descanse em paz, Agildo”, declarou.

O youtuber Whindersson Nunes chamou Agildo de “mestre do humor”. Para o apresentador Serginho Groisman, o ator tinha um humor “irônico e único”. Já o presidente Michel Temer afirmou que Agildo era um “profissional do riso que não perdia a elegância e inteligência jamais”.

View this post on Instagram

Esse foi meu último abraço no Agildo. Tinha acabado de declarar meu amor por ele, com direito à plateia VIP, no palco do Prêmio de Humor, onde era ele o homenageado. Jamais esquecerei dessa oportunidade que meu irmão Fábio Porchat me deu! Subi naquele palco como um filho orgulhoso, pois foi assim que Agildo sempre me tratou. Era o único amigo do meu pai que eu chamava de Tio, tamanha era a nossa convivência e carinho. Com Tio Agildo aprendi a ouvir música de qualquer lugar do mundo, a estar sempre atento à moda, gostar de viajar (em todos os sentidos 😉), estar atualizado sobre o que acontece na política, lutar pela causa gay. Foi minha maior influência na comédia quando comecei e adorava deixar o meu pai, seu melhor amigo, doido de ciúmes da relação que tinha comigo. O mundo inteiro perde quando um artista como o Agildo parte. Eu perco um pedacinho da minha vida, que se esvai deixando um gosto de uma saudade doce. Obrigado meu Tio Agildo, por ter feito tanto por mim. Tia Didi com certeza está te recebendo nos braços, para vocês continuarem essa linda história de amor! ❤️👑🙏🏽✨ #agildoribeiro

A post shared by Lucio Mauro Filho (@luciomaurofilhooficial) on