Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia investiga se Stan Lee sofreu abusos de ex-representante

Gênio dos quadrinhos conseguiu uma ordem de restrição temporária contra Keya Morgan na quarta-feira

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, está investigando alguns supostos abusos sofridos pelo gênio dos quadrinhos Stan Lee, informou na quarta-feira o site especializado The Hollywood Reporter.

A investigação das autoridades por abuso de idosos começou em fevereiro, mas apenas tornou-se pública nesta semana, quando Lee, de 95 anos, pediu ao Supremo Tribunal de Los Angeles a emissão de uma ordem judicial contra Keya Morgan, que vinha gerenciando seus negócios e assuntos pessoais.

Lee conseguiu uma ordem de restrição temporária contra Morgan. As medidas foram decretadas apenas três dias depois que o escritor, em um vídeo postado em seu perfil oficial do Twitter, garantiu que Morgan era seu único representante e que mais ninguém poderia falar em seu nome.

No mês de abril, a revistaThe Hollywood Reporter publicou uma longa reportagem onde detalhava as supostas lutas no círculo próximo de Lee para obter o controle de um patrimônio que, segundo a publicação, está entre US$ 50 e US$ 70 milhões.

Fontes ligadas a Lee asseguram que a sua saúde piorou notavelmente e que ele sofre de problemas de vista, ouvido e memória. Stan Lee é o grande emblema da editora Marvel e o criador de personagens icônicos como Homem-Aranha, Hulk e X-Men. Em julho do ano passado, sua esposa, Joan Lee, de 93 anos, e com quem esteve casado durante quase sete décadas, morreu após ter um derrame.