Clique e assine a partir de 9,90/mês

Plano de aposentadoria patrocina turnê dos Rolling Stones

Ideia da Alliance for Eternity é conseguir novos associados em meio a fãs entre 45 e 75 anos. A parte americana da turnê começou dia 21 de junho em Chicago

Por Sérgio Martins - Atualizado em 16 jul 2019, 17h34 - Publicado em 16 jul 2019, 11h28

Numa das piadas mais engraçadas do seriado Two and a Half Men, o pândego Charlie Harper (Charlie Sheen) pergunta ao roqueiro Steve Tyler, do Aerosmith, se a próxima turnê do grupo seria patrocinada por um remédio regulador de intestino para a terceira idade. Os Rolling Stones estão longe de provocar esse tipo de reação em seus admiradores de primeira hora, mas é no mínimo curioso deparar com o novo patrocinador de sua mais recente turnê. A parte americana da No Filter Tour, que começou em Chicago no dia 21 de junho, terá o apoio de uma empresa de plano de aposentadoria. The Alliance for Lifetime Income (Aliança para Renda Vitalícia, em português) tem esperanças de que os 1,5 milhão de espectadores do novo giro do quarteto inglês e os 24 milhões de seguidores deles nas redes sociais – a maioria entre 45 e 75 anos – pense na empresa na hora de planejar sua aposentadoria. “Hoje as pessoas envelhecem e continuam a viver intensamente, mas não pensam nesse tipo de benefício”, declarou Jean Statler, diretor da empresa. Ele ainda confessou que os Rolling Stones eram um sonho antigo. “Estamos conversando desde 2018. É um sonho que se tornou realidade”, completou o executivo.

A No Filter Tour iniciou-se no dia 09 de setembro de 2017 na cidade alemã de Hamburgo e seus 28 shows – completamente lotados, diga-se – faturaram 238 milhões de dólares. A rodada americana seria iniciada no fim de abril em Miami, mas teve de ser adiada porque o vocalista Mick Jagger, 76 anos, teve de trocar uma válvula do coração. O procedimento cirúrgico aconteceu no início de abril e poucas semanas depois Jagger estava lépido e fagueiro dançando ao som de uma banda de música eletrônica. As dezessete datas canceladas serão cumpridas no fim de agosto. A No Filter Tour apresenta os habituais cavalos de batalha do quarteto inglês. Estão ali I Can’t Get no (Satisfaction), Miss You, Sympathy for the Devil e Gimme Shelter, entre outras. Mas há algumas surpresas debaixo da manga. O grupo também toca hinos de seu repertório que por vezes são ignorados na lista de canções a ser apresentadas. A No Filter traz Rocks Off, do clássico Exile on Main Street (1972); Neighbours, de Tattoo You (1981); Fool do Cry, de Black and Blue (1975) e Get off of My Cloud, que saiu na versão americana do álbum December’s Childen, de 1965. Seus integrantes estão na faixa dos 70 anos, mas pelo que mostram na nova excursão não pensam em se aposentar.

Publicidade