Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Plácido Domingo deixa Ópera de Los Angeles após acusações de abuso

Tenor e regente espanhol ocupava o cargo de diretor-geral desde 2003

O tenor e regente espanhol Plácido Domingo, que ocupava o cargo de diretor-geral da Ópera de Los Angeles desde 2003, anunciou sua saída da instituição nesta quarta-feira, 2. O motivo são as acusações de abuso sexual contra mais de 20 mulheres reveladas pela imprensa americana.

“Enquanto continuo o trabalho para limpar meu nome, decidi que é do melhor interesse da Ópera que eu renuncie como diretor-geral e que deixe de realizar minhas apresentações futuras”, afirmou o artista espanhol em comunicado. Ele ainda completou afirmando que as acusações feitas contra ele “criaram uma atmosfera na qual minha habilidade para servir esta companhia que tanto amo foi comprometida”.

Após a divulgação da notícia da saída de Plácido, a Ópera de Los Angeles publicou um comunicado agradecendo ao tenor pela “contribuição sem precedentes” com a vida cultural da cidade californiana. “Sob sua liderança, a Ópera de Los Angeles foi conhecida pelo espírito de criatividade colaborativa e pela habilidade para atrair magníficos artistas de todo o mundo”, afirmou a instituição, ressaltando o papel do regente na popularização da ópera na consciência de Los Angeles. “Estamos profundamente gratos por sua dedicação à nossa comunidade.”

O tenor espanhol foi acusado em agosto por mais de 20 mulheres de cometer assédio e abuso sexual. Os casos foram revelados pela agência americana Associated Press. Na época, a Ópera de Los Angeles anunciou a abertura de uma investigação para determinar a veracidade das acusações.

Entre as acusadoras, nove cantoras e uma dançarina disseram que por décadas Domingo faz avanços impróprios para o elenco feminino de suas produções, e aquelas que resistem sofrem ameaças de perda de emprego e boicote no universo erudito. Uma das mulheres afirma que ele colocou a mão por dentro de sua saia poucos momentos após um ensaio. Outras dizem que ele tentou beijá-las à força – no camarim, em quartos de hotel e até mesmo durante um almoço. 

Na semana passada, Plácido desistiu de participar da obra Macbeth, que seria apresentada na Met Opera de Nova York, um dia antes da estreia do espetáculo. Além disso, o maestro também teve récitas canceladas na Orquestra da Filadélfia e na Ópera de São Francisco.

(Com EFE)