Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Paul McCartney é dono da terceira maior fortuna da música britânica

Londres, 25 abr (EFE).- O cantor Paul McCartney é o dono da terceira maior fortuna da música britânica, atrás do empresário Clive Calder e do produtor Cameron Mackintosh, segundo lista elaborada pelo jornal ‘The Sunday Times’ e publicada nesta quarta-feira.

Após o casamento com a empresária americana Nancy Shevell, e a receita obtida pelo lançamento de seu último disco, ‘Kisses on the bottom’, o ex-membro dos Beatles tem um patrimônio avaliado em 665 milhões de libras (cerca de 813 milhões de euros).

A fortuna do empresário da indústria fonográfica Clive Calder é de 1,350 bilhões de libras (cerca 1,650 bilhões de euros), e do produtor teatral Cameron Mackintosh é de 725 milhões de libras (cerca de 886 milhões de euros).

Andrew Lloyd Webber, compositor de bem-sucedidos musicais na Broadway e em West End, que ocupava a segunda posição do ranking em 2011, caiu para o quarto lugar com uma fortuna de 590 milhões de libras (cerca de 721 milhões de euros).

Na quinta posição ficou o grupo musical irlandês U2, com 514 milhões de libras (cerca de 628 milhões de euro), seguido pelo criador da franquia ‘American Idol’ e representante das Spice Girls, Simon Fuller, com 375 milhões de libras (cerca de 458 milhões de euros).

Na continuação, aparecem o produtor musical Simon Cowell, conhecido por seu papel como jurado no programa televisivo ‘Factor X’, com 225 milhões de libras (cerca de 275 milhões de euros); o cantor Elton John, com 220 milhões de libras (cerca de 269 milhões de euros); e o coreógrafo irlandês Michael Flatley, com 192 milhões de libras (cerca de 235 milhões de euros).

A única mulher entre os dez primeiros é a ex-Spice Girl Victoria Beckham, que ocupa a décima posição, com 190 milhões de libras (cerca de 232 milhões de euros), mesma quantia do vocalista dos Rolling Stones, Mick Jagger. EFE