Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Passeata com mais de 1 mil ‘zumbis’ tomam as ruas de Sydney

Sydney (Austrália), 29 out (EFE).- Mais de 1 mil pessoas fantasiadas de mortos-vivos participaram neste sábado da ‘Marcha dos Zumbis’ em Sydney, convocada para arrecadar dinheiro para pesquisas médicas.

A caminhada era formada por pessoas que usavam maquiagem simulando ferimentos profundos e cicatrizes escorrendo sangue, trabalhadores com facas cravadas no crânio e coração na mão, assim como cadáveres de policiais, guerreiros medievais, soldados, duendes e até Papai Noel.

Em uma tarde ensolarada, os participantes se reuniram no Hyde Park, no centro de Sydney, e depois caminharam escoltados por policiais até o parque, perto da estação central de trens, sob o olhar de centenas de curiosos que fotografavam com seus celulares.

Como no clipe ‘Thriller’ de Michael Jackson, os mortos-vivos, entre eles um grande número de jovens de origem asiática, mas também cinquentões, tentavam assustar quem passava pela rua.

Um dos organizadores da passeata, Michael Berman, declarou à Agência Efe que o objetivo era juntar dinheiro para doar a uma fundação dedicada à pesquisa de doenças cerebrais.

A marcha dos zumbis de Sydney, que reúne os amantes dos filmes de terror, foi realizada após ser divulgado que a série de televisão americana The Walking Dead (Os Mortos-Vivos) será exibida na Austrália no início de 2012.

Celebrações deste tipo começaram no verão de 2001 em Sacramento (Califórnia, Estados Unidos), e uma das mais famosas foi a de Toronto (Canadá), segundo o site dos organizadores da bizarra passeata de Sydney. EFE