Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Pantera Negra’ faz história no Globo de Ouro – e já mira o Oscar

Produção se tornou o primeiro longa de super-heróis a ser indicado na categoria de melhor filme dramático

Pantera Negra conquistou um feito inédito nesta quinta-feira, ao ser indicado a três estatuetas no Globo de Ouro. A produção da Marvel se tornou o primeiro filme de super-herói a concorrer ao prêmio de melhor filme dramático. Segunda maior bilheteria do ano e elogiadíssimo pela crítica especializada, o longa já vinha sendo apontado como um possível indicado ao Oscar – e, com a notícia do Globo de Ouro, sua campanha ganha ainda mais força.

O filme disputa o troféu com Infiltrado na Klan, Bohemian Rhapsody, Se a Rua Beale Falasse e Nasce Uma Estrela. Também concorre nas categorias de melhor trilha sonora e melhor canção original. Por enquanto, o longa já ganhou prêmios no BET Awards, Hollywood Film Awards, MTV Movie Awards e Teen Choice Awards e entrou para a lista dos dez melhores do ano do American Film Institute.

Deadpool (2016) já tinha se tornado o primeiro filme live-action (com atores) de super-heróis a ser indicado a um dos dois prêmios principais do Globo de Ouro – concorreu, porém, em melhor comédia ou musical. A animação da Pixar Os Incríveis também foi indicada na mesma categoria em 2004. Nenhuma das produções levou a estatueta.

Pantera Negra foi dirigido por Ryan Coogler e estrelado por Chadwick Boseman, Michael B. Jordan, Lupita Nyong’o, Danai Gurira, Letitia Wright, Martin Freeman e Daniel Kaluuya. Primeiro filme sobre um super-herói negro, conta a história da luta do rei T’Challa (Boseman) para defender sua nação Wakanda, a mais avançada do universo Marvel.

A produção arrecadou 1,3 bilhão de dólares no mundo inteiro. Em 2018, só foi superada por Vingadores: Guerra Infinita – o filme em que T’Challa também aparece, aliás, obteve 2 bilhões de dólares em bilheteria. Nos Estados Unidos, Pantera Negra é dona da terceira maior arrecadação da história, atrás apenas de Star Wars: O Despertar da Força (2015) e Avatar (2009).

Caso Pantera Negra receba uma indicação ao Oscar de melhor filme, será um marco na história da premiação, que vem tentando se diversificar e ampliar sua audiência. Nos últimos meses, houve até uma tentativa de criar uma nova categoria, de filmes populares, mas a proposta foi rechaçada por parte da indústria cinematográfica e a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas acabou desistindo da ideia.

Em 2008, Batman: O Cavaleiro das Trevas, segundo volume da trilogia sobre o herói da DC dirigida por Christopher Nolan, vinha em uma campanha forte para o Oscar, mas o longa acabou não recebendo indicação a melhor filme. Heath Ledger, o Curinga, porém, não só foi indicado como levou o troféu de melhor coadjuvante, postumamente. Depois disso, a Academia responsável pelo Oscar ampliou de cinco para até dez os indicados a melhor filme, com a intenção de aumentar a chance de produções com maior visibilidade serem reconhecidos.

A cerimônia do Globo de Ouro acontece no dia 6 de janeiro e será apresentada por Sandra Oh e Andy Samberg. Já as indicações do Oscar serão anunciadas em 22 de janeiro.