Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pai de Amy diz que a cantora vinha sofrendo convulsões

Em entrevista à rede CNN, Mitch Winehouse insistiu na tese de que a cantora morreu vítima de abstinência

O pai da cantora Amy Winehouse, encontrada morta no último dia 23 de julho aos 27 anos, declarou em entrevista a rede CNN que a cantora vinha sofrendo convulsões antes de morrer. Mitch Winehouse insiste que a morte da cantora, em cujo corpo não foram encontrados indícios de drogas ilegais, aconteceu por abstinência, já que, segundo ele, a cantora estava em tratamento para se livrar do vício em bebidas alcóolicas.

“Ela sucumbiu à desintoxicação”, disse Mitch ao apresentador Anderson Cooper. Ele reveluo ainda que havia vestígios no sangue da cantora de um medicamento usado para combater ansiedade e diminuir sintomas de alcoolismo. “Tudo o que Amy fazia era em excesso. Ela bebeu em excesso e se desintoxicou em excesso”, explicou o pai da cantora.

Para Mitch, faltou à sua filha assistência médica adequada para tratar o vício. A entrevista, reailzada nesta sexta-feira (09), vai ar na próxima segunda (12).