Clique e assine com 88% de desconto

Pabllo Vittar acusa YouTube de ‘censura seletiva’ a clipe de ‘Parabéns’

O vídeo de 'Parabéns' é precedido por aviso de que pode conter imagens impróprias, pois drag queen aparece com copo de vodca. Ela diz que vai à Justiça

Por Da Redação - Atualizado em 21 jan 2020, 15h34 - Publicado em 21 jan 2020, 11h26

A cantora Pabllo Vittar comprou ontem uma briga com a plataforma de vídeo YouTube. Tudo porque o clipe de Parabéns, um de seus mais recentes singles, está sendo precedido de um aviso de que seu conteúdo “pode ser impróprio para usuários”. Segundo Pabllo, a advertência se deve ao fato de que ela está segurando um copo de vodca durante a música. “Recebemos uma restrição de idade porque estou lá segurando um copo de vodca. Sendo que já havia uma mensagem lá dizendo ‘beba com moderação’. Mesmo assim eles quiseram restringir a idade”, desabafou a drag queen, por meio do stories do Instagram. Pabllo acredita que está sofrendo retaliação por ser drag queen, e acusa o canal de “censura seletiva”.

View this post on Instagram

PARABÉNS SEM RESTRIÇÃO JÁ! continuem assistindo o clipe vittarlovers e ouvindo nas plataformas, essa censura seletiva tem que acabar.

A post shared by Pabllo Vittar ✨ (@pabllovittar) on

Publicidade

Pabllo pediu aos fãs para que continuassem a escutar a canção e assistir ao clipe. Atualmente, ele está com 50 milhões de visualizações. A cantora também declarou que irá à Justiça contra o Youtube. “Eu quero meu clipe de volta”, esbravejou. A resposta do YouTube foi bem humorada. “Oi Pabllo! O conteúdo do vídeo não viola as políticas do YouTube e foi enviado com restrição de idade pelo usuário que fez o envio. Configurações de restrição de idade podem ser editadas pelo YouTube Studio. Se precisar, estamos aqui para ajudar! Arrasa.”

 

Publicidade