Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

P.A., do RPM, está em estado grave; colega fala em ‘tremenda confusão’

Depois de a banda anunciar morte do baterista, o guitarrista Fernando Deluqui explica que recebeu informação de uma clínica e de um médico que acompanha P.A

O baterista da banda RPM, Paulo Antônio Pagni, conhecido como P.A., não morreu neste domingo, 2, como o próprio grupo havia informado mais cedo. P.A., que tem 61 anos, sofre de um quadro de fibrose pulmonar e está internado em estado grave no Hospital São Camilo, na cidade de Salto (SP), a cerca de 110 quilômetros de São Paulo.

O guitarrista do RPM, Fernando Deluqui, explicou por meio de um vídeo publicado em sua conta no Facebook que havia recebido a notícia da morte de P.A. por meio de uma clínica da cidade, onde o baterista estava internado, e confirmado a informação com um médico chamado Alex Muller Coutinho, que de acordo com Deluqui acompanha diariamente o estado de saúde de P.A. Segundo a assessoria de imprensa do Hospital São Camilo, Coutinho é terceirizado e atende na unidade.

“O que aconteceu foi que de manhã o pessoal da clínica onde ele estava internado me ligou falando que ele havia falecido. Fiquei muito triste, devastado, e liguei para o doutor Alex Muller Coutinho, com quem tenho feito acompanhamento do estado do P.A. diariamente e ele me confirmou. Imediatamente, eu e minha mulher fomos tomar as providências, passamos na casa do PA para pegar documentação, roupas, e quando a gente chegou ao hospital, agora à tarde, a gente teve a notícias de que o P.A. estava vivo, para nosso alívio, mas é uma tremenda confusão”, diz Deluqui no vídeo.

Na mensagem que havia sido compartilhada na página da banda no Facebook, o RPM havia lamentado a morte do baterista: “Infelizmente temos a tristeza de anunciar o falecimento do nosso querido e eterno baterista, Paulo Antônio Figueiredo Pagni, o P.A. Nosso irmão partiu poucos momentos atrás, mas seu legado será eternamente lembrado”.

Por meio de nota, o Hospital São Camilo afirma que não havia divulgado nenhuma informação oficial sobre o quadro de saúde de P.A.

“Informamos que estado de saúde do paciente, vítima de infecção pulmonar, é grave, mas estável. E salientamos ainda que nenhuma informação do estado de saúde de qualquer paciente é dada antes de contatar a família. E que apenas a Assessoria de Comunicação e a diretoria administrativa do Hospital são responsáveis por qualquer boletim. E que oficialmente nada foi divulgado anteriormente a essa nota.”