Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Oscar de Orson Welles por ‘Cidadão Kane’ vai a leilão

Estatueta conquistada pelo cineasta em 1942 foi avaliada em um milhão de dólares

O Oscar de melhor roteiro recebido por Orson Welles por Cidadão Kane, considerado um marco na história do cinema, será leiloado na próxima semana pela casa Nate D. Sanders Auctions, em Los Angeles. A estatueta foi conquistada pelo cineasta em 1942 e foi avaliada em um milhão de dólares.

Apesar de hoje representar um clássico do cinema americano, Cidadão Kane venceu apenas uma das nove categorias pelas quais foi indicado. O prêmio mais importante, de melhor filme, foi entregue a John Ford pelo drama How Green Was My Valley (Como Era Verde o Meu Vale). “Agora, o filme é considerado o mais influente de todos os tempos”, disse Nate Sanders, proprietária da casa de leilões de mesmo nome.

O único Oscar conquistado por Welles – ele recebeu da academia um prêmio honorário pelo conjunto da obra, em 1971 – foi dado como perdido até pouco tempo depois da morte do cineasta, em 1985, quando o troféu foi encontrado pela filha do diretor, Beatrice Welles.

“Durante processo da filha de Welles contra a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, a instituição revelou, em 2002, ‘que o Oscar estava avaliado em 1 milhão de dólares e o tribunal concedeu a Beatrice Welles o direito de vender o prêmio'”, disse em comunicado.

O filme de 1941, escrito, produzido, dirigido e interpretado por Welles, conta, sob a forma de ficção, a história do magnata dos meios de comunicação William Randolph Hearst. Furioso por esta versão de sua vida, o verdadeiro Hearst lançou campanha contra o filme e proibiu sua simples menção em seus jornais.

Welles (1915-1985) saltou para a fama em 1938 quando, aos 23 anos, realizou uma dramatização radiofônica do livro A Guerra dos Mundos, do escritor britânico H.G. Wells, sobre a chegada de marcianos à Terra. O programa motivou uma onda de pânico em todo o país de tal magnitude que, sete décadas depois, ainda é citado com frequência como exemplo do poder da mídia.

(Com Agência France Press)