Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os melhores restaurantes variados da Serra Gaúcha

Confira os endereços da categoria que valem a visita, mais opções para comer carne, pizzarias e de culinárias asiática, francesa, japonesa

O roteiro a seguir integra a edição digital de VEJA COMER & BEBER Porto Alegre 2018/2019:

Barlavento
Ao lado de estufas de cultivo de morangos hidropônicos, que crescem ao som de rock’n’roll, um salão em meio à natureza se tornou endereço para refeições durante todo o dia. Nas paredes do interior do espaço, o proprietário e biólogo Maurício Fedrizzi inseriu objetos e fotografias que revelam algumas de suas paixões: o mar e as viagens. No cardápio variado, um dos sanduíches mais pedidos é o que leva pão de fôrma, lâminas de filé-mignon, mussarela, tomate e molho de gorgonzola (R$ 37,50). Há grande procura pelos tornados (R$ 37,50), bifinhos que chegam acompanhados por purê de batata e queijo gratinado. Também é comum a freguesia visitar a casa apenas para comer os doces. Um deles é a cambirela (R$ 68,00), uma torre de sorvetes de chocolate, creme e nata, sustentada por fatias de brownie, que leva caldas de chocolate e morango, feita para compartilhar. Estrada RSC-453, km 154,8, Caxias do Sul, ☎ (54) 99976-9080 e 99908-0675 (70 lugares). 8h/19h (sáb. e dom. até 20h). Aberto em 2002. $$

Bêrga Motta
A 8 quilômetros do centro de Canela, a casa é cercada por mata nativa, pois fica dentro do Ecoparque Sperry. Panelas de ferro repousadas sobre o fogão a lenha mantêm aquecidas as refeições caseiras. O bufê livre (R$ 68,00 por pessoa) tem em torno de trinta pratos, entre eles carne de porco com gorgonzola e cebola caramelada e bolinho de arroz. Escondidinho de carne, macarrão caseiro com molho vermelho e suco natural de bergamota também podem compor o almoço, que dá direito a entrada no parque. Linha 28, Vale do Quilombo, Canela, ☎ (54) 99625-9854 (100 lugares). 12h/15h (fecha seg. a sex.). Aberto em 2009. $$

Bodega Gastrobar
Com ambiente versátil, que cai bem tanto para uma rápida happy hour quanto para refeições mais demoradas, a casa tem como atrativo sanduíches e petiscos. O hambúrguer montado com maionese, alface, queijo cheddar e cebola-roxa custa R$ 22,90, com disco de carne de 150 gramas, e R$ 33,90, se levar 300 gramas de carne. Para petiscar, as iscas de filé-mignon ao molho de queijo (R$ 42,90) são cortadas em cubos, grelhadas na chapa e cobertas pelo molho. O chope pilsen artesanal Coruja de 500 mililitros custa R$ 16,90, e o petit gâteau de chocolate com sorvete de creme sai a R$ 14,90. Rua São Pedro, 810, Gramado, ☎ (54) 3286-3003 (90 lugares). 11h30/14h e 18h/23h (fecha dom.). Aberto em 2011. $

Bistrô da Lu
Quem procura o bistrô o faz justamente pela confirmação de sempre encontrar um cardápio-surpresa. A chef Luciana Diehl Forti é quem prepara pratos do menu confiança, que inclui entrada, prato principal e sobremesa. Custa R$ 79,00 a versão que inclui uma carne e R$ 85,00 com frutos do mar. À noite, há menu degustação com cinco pratos (R$ 112,00). Entre a lista de receitas estão sopa de moranga e carne-seca e lombo de bacalhau em lascas ao noisette, acompanhado de gratin de bacon. Adoça a experiência a taça de creme bourbon, com purê de ameixa e sorvete. A carta de vinhos tem rótulos de diversos países, incluindo o malbec argentino La Finca Tamari, safra 2016 (R$ 79,00). Avenida José Luiz Correa Pinto, 235, São José, Canela, ☎(54) 3282-6212 (30 lugares). 11h30/15h e 19h30/23h (dom. apenas almoço; fecha seg. a qui.). Aberto em 2011. $$

Bistrô São Lourenzo
A casa trabalha com cardápio sazonal-surpresa. Na última mudança, o camarão crocante na geleia de pimenta (R$ 30,00) passou a atuar como entrada. Nas receitas principais estão apostas como o filé com ravióli de moranga e cebola caramelada (R$ 65,00) e a codorna desossada e recheada, acompanhada de fettuccine ao molho de funghi porcini na manteiga (R$ 65,00). Duas sobremesas líderes de pedidos são o creme brûlé e o petit gâteau de doce de leite. Cada uma custa R$ 18,00. A clientela circula pela adega e escolhe o vinho de preferência, tal como o cabernet sauvignon Vallontano 2012 (R$ 95,00). Rua Luís Antunes, 205, Panazzolo, Caxias do Sul, ☎ (54) 3021-6428 (40 lugares). 20h/23h (fecha sáb. e dom.). Aberto em 2010. $$$

Bouquet Garni
Debruçada sobre o Lago Joaquina Rita Bier e rodeada por araucárias centenárias, a casa é um convite para iniciar o jantar com uma taça de rosé Luiz Argenta (R$ 98,00). A bebida combina com salmão grelhado sobre purê de mandioquinha e molho de tâmaras (R$ 97,50). Risoto cremoso com frutos do mar (R$ 87,50), assinado pelo chef Fred dos Anjos, conquista elogios. Ideal para curtir a dois, o restaurante prepara sobremesas delicadas, como a de pera cozida em vinho branco com especiarias e sorvete de chocolate (R$ 19,50). Rua Leopoldo Rosenfeldt, 986, centro, Gramado, ☎ (54) 3295-1666, 19h/0h (sáb. e dom. também almoço 11h30/15h30). Aberto em 2004. $$$

Braziliano Café e Bistrô
A casa mescla a informalidade de uma cafeteria com bistrô. Em razão disso, o menu contempla pratos bem servidos, como é o caso do filé formaggio (R$ 46,00), um medalhão de filé-mignon regado com molho de queijo e escoltado por risoto de cogumelos e crispy de alho-poró. Para beber, a cerveja artesanal pilsen da Gram Bier sai a R$ 25,00, 500 mililitros. Para quem ama doces calóricos, tem a tradicional taça jasminne. É uma pedida para dividir, já que custa R$ 55,00 e reúne sorvetes de chocolate e creme, ganache de chocolate branco, pasta de Ovomaltine, picolé Alpino, trufas de chocolate artesanal, Kinder Bueno e Twix. Rua Paul Harris, 55, sala 8, Canela, ☎ (54)3282-1903 (50 lugares). 11h45/22h (fecha seg.). Aberto em 2014. $

Casa de Babette
Fica na Pousada do Engenho, a poucos metros do famoso Lago São Bernardo. Aberta ao público mediante reserva, tem menu de comidinhas que passeiam por petiscos mineiros e viajam até as receitas indianas. O tempero que faz valer o preço do cardápio pode ser saboreado no camarão à tailandesa (R$ 98,00), que leva arroz thai, abacaxi, passas de uva e castanhas-de-caju. A cozinha ainda prepara o salmão grelhado com espaguete ao pesto de rúcula (R$ 88,00). O ambiente frio e as baixas temperaturas da serra combinam com o  vinho chileno Tarapacá Gran Reserva Carménère (R$ 140,00). Rua Odon Cavalcante, 330, São Bernardo, São Francisco de Paula, ☎ (54) 99181-9577 (40 lugares). 12h/15h30 e 19h30/22h30. $$$

Castelli Resto Pub
No lounge principal, as mesas apontam para a sofisticada lareira, que está sempre acesa no inverno. Se quiser ver gente bonita e descolada, este é o lugar. No cardápio encontram-se pedidas como a polentinha frita com queijo serrano (R$ 18,00) e pratos que satisfazem ao menos duas pessoas, caso do filé ao molho de pimenta com cebola caramelada e arroz (R$ 86,00) e da truta com risoto de cogumelos (R$ 80,00). A carta de vinhos e de espumantes, uma das melhores da região, varia conforme a estação do ano. Avenida Getúlio Vargas, 3218, Colinas, São Francisco de Paula, ☎ (54) 99128-7860 (55 lugares). 11h30/15h e 19h/23h30 (fecha seg. e ter.). Aberto em 2013. $$

Colheita Butique Sazonal
O chef Giordano Tarso recebe o visitante com um cardápio sazonal, preparado conforme a safra dos alimentos da horta. O caqui que sai de lá é tostado, braseado e vai para a caipirinha (R$ 10,00). Pode anteceder o menu degustação com oito pratos (R$ 98,00). A sequência inclui receitas como o mil-folhas de aipim com mostarda de bergamota e guanciale crocante, além da costela assada em forno a lenha por dezesseis horas. Os acompanhamentos, sempre fartos, podem ser purê de batata-cará e aipim frito. Encerra o desejo por doce a tortinha de maçã. Rua Sete de Setembro, 1471, Pinto Bandeira, ☎ (54) 99977-1210 (35 lugares). Sáb. e dom. 11h30/15h30 (fecha seg. a sex.). Aberto em 2018. $$$

Containner Bistrot
A fachada, feita com doze portas, reproduz um contêiner. No cardápio, encontram-se sugestões como o hambúrguer vegetariano, que leva cogumelos, tomate confitado, provolone e um disco de queijo parmesão (R$ 38,00). O concorrido deque que aponta para a Catedral de Pedra é disputado na happy hour, celebrada com kir royal (R$ 18,00), montado com licor de cassis e espumante. Pelo mesmo preço tem blackberry mojito, feito com rum, água com gás, hortelã e amora. Podem fazer parceria os palitos de berinjela envoltos na crosta de parmesão (R$ 34,00, porção de 500 gramas). Rua Borges de Medeiros, 580, centro, Canela, ☎ (54) 3282-7772 (60 lugares). 10h/23h (fecha qua.). Aberto em 2015. $$

D’Itália
Os pratos mais pedidos são a pizza à parmigiana (R$ 41,00, oito fatias) e o filé ao molho de cogumelo-de-paris (R$ 58,00). Quem tem pressa se delicia com o xis filé (R$ 19,00), estufado com tomate, ervilha, ovo frito, presunto, queijo, alface e maionese. Entre as doçuras, reúne fãs o petit gâteau de chocolate (R$ 16,00). Avenida Monsenhor Scalabrini, 756, centro, Guaporé, ☎ (54) 3443-2180 (200 lugares). 17h/0h. Aberto em 1983. $$

Divino
Instalado aos pés do Palácio dos Festivais, o espaço reúne casais e turistas à procura de diversão. Apesar de os drinques, espumantes, vinhos e chopes rolarem sobre as mesas, é no cardápio de receitas bem servidas que está a grande aposta. São boas pedidas o prime rib guarnecido de legumes, mix de folhas verdes e pão de alho (R$ 151,00) e o filé à parmigiana servido com arroz (R$ 137,00, para duas pessoas). O suflê de chocolate chega em uma charmosa panelinha (R$ 28,00) e também pode ser compartilhado. Para animar os fins de tarde, há apresentação diária de voz e violão. Sextas, sábados e domingos, das 15h30 às 19h, entra em cena um DJ. Avenida Borges de Medeiros, 2659, centro, Gramado, ☎ (54) 3286-3440 (180 lugares). 11h30/23h30. $$

Empório Canela
Este bistrô dentro de uma livraria mistura o cheiro de livros nacionais e estrangeiros com o aroma que sai das panelas quentes da chef Roberta Rech. Nas prateleiras, junto da literatura, estão vinis e peças de artesanato. Às mesas chegam petiscos como batata rústica com queijo derretido, cebola e salsa (R$ 24,90) ou a baguete bagual, recheada com cordeiro desfiado, cebola-roxa, queijo colonial e rúcula (R$ 28,90). Para uma pedida mais robusta, peça o filé acompanhado de risoto de nozes, manjericão e parmesão (R$ 64,90). Sela o paladar a cheesecake de frutas vermelhas (R$ 15,00), que pode ganhar a companhia do chá de maçã, canela e anis estrelado (R$ 10,00 a xícara). No verão, o sol convida para uma cerveja artesanal no deque com vista para a Catedral de Pedra — há sessenta rótulos, com preços que variam de R$ 20,00 a R$ 150,00. Rua Felisberto Soares, 258, centro, Canela, ☎ (54) 3031-1000 (70 lugares). 11h30/23h (fecha ter.). Aberto em 2007. $$

Estação Blauth
Localizada em Desvio Blauth, a casa está em um ambiente retirado, onde nas décadas de 20 e 60 operava uma ferrovia. Longe da ferveção, a dose de spritz é o convite para o início da noite. No estilo vêneto, a bebida leva água mineral, aperol, prosecco e laranja (R$ 20,00, 300 mililitros). No cardápio, o grelhado de entrecôte é o xodó. O prato vem com um medalhão de 450 gramas escoltado por batatas rústicas, farofa e salada verde (R$ 42,00). Há também hambúrgueres, incluindo uma versão francesa do sanduíche, que leva entrecôte, queijo parmesão, cebola caramelada, rúcula e mostarda Dijon (R$ 30,00). Nas sextas-feiras há rodada dupla de chope, espumante e spritz. A sobremesa em destaque é a cheesecake com morangos embebidos em vinho do Porto (R$ 15,00). Estrada VRS-813, km 9, Desvio Blauth, Farroupilha, ☎ (54) 3261-9478 (100 lugares). 17h/23h (sáb. 12h/23h; dom. 11h30/19h, fecha seg. a qui.). Aberto em 2011. $$

Jardim Leopoldina
Uma grande faixa de terra adquirida pelo grupo Famiglia Valduga foi transformada neste jardim, com espaço para trilha, compras, lanches e piqueniques com os amigos. No cardápio, o sanduíche mais vendido é o de costelinha suína com molho de pera ao vinho (R$ 32,00). Outra pedida, a pizza de codorna (R$ 50,00, oito fatias) leva ainda molho de tomate, mussarela, provolone e manjericão. No local são vendidas cervejas Leopoldina, como a session pale ale (R$ 20,00, 500 mililitros). Para entrar, pagam-se R$ 15,00, que são revertidos em compras. Via Trento, 2915, Linha Leopoldina, Vale dos Vinhedos, Bento Gonçalves, ☎ (54) 3453-3633 (200 lugares). 12h30/18h30 (fecha seg.). Aberto em 2011. $$

Josephina Café
A casa é comandada por quatro dos dez netos da matriarca cujo nome batiza o lugar. No disputado jardim pode-se compartilhar o trio crostini (R$ 39,00, para duas pessoas), que consiste em três torradas cobertas por salmão defumado, cogumelo com brie e Parma com rúcula. Na sequência, o risoto de moranga (R$ 49,00) ganha sabor marcante com charque. A refeição pode ser adoçada com a torta josephina, um pão de ló com ganache de chocolate molhado no rum (R$ 18,00). O chá de vinho quente temperado com especiarias (R$ 16,00) é a pedida para o inverno. Rua Pedro Benetti, 22, centro, Gramado, ☎ (54) 3286-9778 (80 lugares). 11h30/22h30 (fecha seg.). $$

Hostaria Casacurta
Criado na década de 90, o restaurante é ambientado no porão de pedra do Hotel Casacurta, construído em 1953. O diferencial do cardápio são as massas recheadas, feitas pela cozinheira Josefina Guissani de Oliveira, a dona Pina. Pedido de sucesso, o tortéi recheado com abóbora ao perfume de canela, amêndoas laminadas e molho de manteiga clarificada custa R$ 31,50. Outro prato bem requisitado é o ravióli com massa de espinafre, estufado com nozes e sálvia crocante (R$ 32,00). Para o desfecho, vale pedir o creme brûlé de baunilha com cobertura de açúcar maçaricado na hora (R$ 15,50). Rua Luiz Rogério Casacurta, 510, centro, Garibaldi, ☎ (54) 3462-2166 (45 lugares). 19h/23h (fecha dom.). Aberto em 1990. $$

La Caceria
Localizado no tradicional Hotel Casa da Montanha, o restaurante exibe animais empalhados e armas de caça na decoração. Os objetos refletem a vocação da casa, especializada em carnes de caça. Entre as receitas estão ingredientes como javali, marreco, faisão, perdiz, coelho, pato e até mesmo jacaré. Os figos recheados com queijo de cabra e presunto de Parma (R$ 39,00), que chegam gratinados e na companhia de salada verde, podem abrir os pedidos. Para a sequência, há a massa recheada com coelho (R$ 140,00), que recebe espuma de cogumelos selvagens, foie gras e nozes carameladas, ou a costela de javali (R$ 129,00), assada em baixa temperatura ao molho de zimbro e servida com confit de cebolas, aipim, moranga caramelada, couve na manteiga e farofa crocante. A torta de maçã e nozes (R$ 39,00) finaliza a refeição. Avenida Borges de Medeiros, 3166, centro, Gramado, ☎ (54) 3295-7575 (90 lugares). 19h30/0h (fecha seg.). Aberto em 1997. $$$$

La Hacienda
Da horta e do pomar da Estalagem La Hacienda saem ingredientes para a salada de tomate-cereja, cenoura, maçã e alcachofra (R$ 33,00 a porção), que é regada com molho de mostarda e mel. Embalada por jazz clássico, a refeição pode ser concluída com o risoto de bacalhau com açafrão (R$ 75,00) ou o entrecôte ao molho de amoras e batatas assadas (R$ 83,00). A clássica sobremesa da casa leva frutas flambadas com calda de laranja e gengibre, sorvete de pistache e pedaços de amêndoas (R$ 26,00). É necessário fazer reserva. Estrada Serra Grande, 4200, Serra Grande, Gramado, ☎ (54) 3295-3025 (120 lugares). 12h/15h30 (sex. e sab. também jantar 19h/22h; fecha seg. a qui.). Aberto em 2001. $$$

La Table d’Or
O couvert (R$ 13,00) contempla pão francês, patê de azeitonas, pimenta-biquinho e palito de massa folhada ao queijo e ervas finas. Na lista dos pratos principais, encontram-se receitas como os escalopes de carne grelhada com trufas recheadas com mussarela ao molho de funghi (R$ 68,00). Há também pratos do mar, caso do salmão com crispy de cebola crocante, pasta de cogumelo-de-paris e molho de manga com maracujá (R$ 98,00). Para encerrar com simplicidade, peça o sorvete com calda de  frutas ou chocolate (R$ 19,00) como sobremesa. Rua da Carrieri, 525, Planalto, Gramado, ☎ (54) 98151-8191, 19h/23h30 (dom. apenas almoço 12h/16h; fecha seg.). Aberto em 2007. $$$

Magnólia Restaurante, Bar e Cinema
A mansão de sete cômodos da década de 50 tem decoração que chama atenção. No salão principal, circulam receitas como o filé-mignon com risoto de maçã verde e gorgonzola e crocante de castanhas (R$ 68,00) ou o stinco de cordeiro, que é servido com purê de mandioquinha (R$ 84,00). Para um brinde, pode-se pedir o coquetel que leva aperol, vodca, água de coco e suco de limão (R$ 20,00). Também há seis torneiras de chope com rótulos que mudam a cada temporada. Rua Dona Carlinda, 255, centro, Canela, ☎ (54) 3278-0102 (90 lugares). 19h/0h (sáb. também almoço 12h/14h; fecha dom. e seg.). Aberto em 2014. $$$

Monã
Com ingredientes colhidos na própria horta, as refeições nunca são as mesmas. Ao invés disso, acompanham a sazonalidade dos produtos. O preço do bufê livre varia de acordo com as receitas e pode ficar entre R$ 80,00 e R$ 120,00 por pessoa. Fazem sucesso por ali a polenta de milho crioulo, os assados de cordeiro e o pão de fermentação natural. Também são servidas tábuas com queijo de leite cru e embutidos elaborados por agricultores locais. A ganache de cacau orgânico da Amazônia é uma das sobremesas mais pedidas. Nos almoços de domingo há apresentação de banda de blues. Rua Arnaldo Opptiz, Linha São João, Canela, ☎ (54) 99919-3611 (60 lugares). 12h30/17h30 (fecha seg. a sex.). Aberto em 2017. $$$

Parador Hampel
O chef Marcos Livi comanda o restaurante que virou ponto turístico. A casa faz parte de um hotel com data de 1899 e foi revitalizada. Com a mudança, experiências gastronômicas foram acrescentadas. Aos sábados, o menu degustação (R$ 80,00) serve de cinco a seis pratos. Pode ser iniciado com pão caseiro, manteiga campeira, pinhão, creme de batata-baroa, crispy de alho-poró, ovo mollet e copa. Na sequência, um dos destaques é o porco desossado recheado e assado por oito horas, que chega ao lado de polenta mole e paçoca de pinhão. Aos domingos, o menu se converte no projeto chamado A Ferro e Fogo, no qual são assadas carnes em fogo de chão. Ao custo de R$ 80,00 experimentam-se exemplares de suíno, galeto ao primo canto, cordeiro, costela, peito de pato, legumes grelhados e queijo serrano. A parceria para o banquete é o vinho de corte merlot, tannat e cabernet sauvignon da vinícola Pizzatto (R$ 90,00). Rua Boca da Serra, 445, São Francisco de Paula, ☎ (54) 3244-3655, 3244-1363 (80 lugares). 6h/23h (fecha de seg. a sex.). Aberto em 2017. $$

Primrose
A exclusividade do Hotel Saint Andrews é estendida ao restaurante da casa, que é aberto ao público externo somente mediante reserva. Na sala Madre Pérola, uma mesa com capacidade para receber até seis pessoas dá margem a um jantar exclusivo. As criações são do chef André Soares e incluem preparos como o côngrio ao molho de damasco, com batatas e manteiga de crustáceo (R$ 75,00). Recheado com brie, o filé-mignon ganha a companhia de cabotiá com alho defumado e legumes aromáticos (R$ 98,00). O menu seleção do chef fica completo com a sobremesa chamada de texturas de chocolate (R$ 39,00): caramelo salgado, brownie, farofa de café, gel cítrico e espuma. Para beber, há vinhos como o sauvignon blanc Ambar 2014 (R$ 350,00), do Atelier Tormentas. Rua das Flores, 171, Vale do Bosque, Gramado, ☎ (54) 3295-7700 (20 lugares). Aberto em 2010. $$$$

Tabacaria Benvenuto
Nascido numa estreita garagem, o local foi batizado em homenagem ao avô da sócia-proprietária Karen Dalla Valle. Atualmente, fotografias de amigos e clientes compõem a decoração da parede rústica de tijolos. O fiel “copeiro” Zé, um vira-lata adotado, também faz parte do restaurante. No cardápio, um dos pratos mais pedidos é a tábua de carnes, composta de cortes de costela, contrafilé, picanha, linguiça de pernil, batata ou polenta frita (R$ 48,00). Também merece destaque o tortelone de gorgonzola, recheado com nozes e envolto em manteiga e sálvia (R$ 38,00). Rua Dante Grossi, 249, centro, Garibaldi, ☎ (54) 3464-0635 (40 lugares). 18h/0h (qui. a dom. também almoço 11h30/14h; dom. apenas almoço; fecha seg.). Aberto em 2014. $$

Valle Rustico
O chef Rodrigo Bellora é um sujeito corajoso. Graduado em turismo e com pós-graduação em gestão empresarial, ele decidiu transformar um terreno da família, na área rural do Vale dos Vinhedos, em restaurante. À frente da cozinha, começou servindo pizzas, antes de incorporar massas ao cardápio e se arriscar em um receituário mais amplo, com sugestões de entradas, pratos e sobremesas. Confiante no seu potencial, passou a trabalhar apenas com menu degustação-surpresa em 2015, privilegiando insumos frescos e regionais. Hoje, a R$ 210,00 por pessoa, essa sequência pode ter de sete a doze etapas. As criações de Bellora são definidas pelo que ele colhe na sua horta ou recebe de pequenos produtores. O cardápio sem pressa tem fortes traços contemporâneos e sempre começa por uma tábua de pães com focaccia, broa de milho, pasta de berinjela e salame. Depois, surgem as pequenas porções. Caldinho de feijão com brotos de beterraba, arroz-cateto com coalhada, cogumelos e folhas secas e matambre recheado com farofa de alho e creme de abóbora já marcaram presença nas mesas. Na fase doce, o sorbeto (sorvete que leva apenas água na massa) de figo tostado, com a fruta assada, suspiro de cacau e gelado de creme, figura na lista de sobremesas. Pratos para compartilhar serão novidade a partir de julho. Devem fazer companhia ao menu degustação receitas como a costela assada com butiá, farofa de semente de abóbora e picles de batata yacon (R$ 69,00). Via Marcílio Dias, Vale dos Vinhedos, Garibaldi, ☎ (54) 3067-1163 (60 lugares). 19h30/21h30 (dom. só almoço 12h/14h; fecha seg. e ter.). Aberto em 2009. $$$$

ASIÁTICO

Galangal
A casa levou algumas experiências gastronômicas asiáticas para a Serra. Em meio a canções orientais e cercado de itens que remetem à cultura oriental, o visitante é servido à mesa com a sequência clássica japonesa (R$ 110,00 por pessoa), que traz sushis e sashimis temperados com condimentos cultivados pela casa. Quem prefere pratos à la carte pode se aventurar no phad thai de frango (R$ 75,00), um talharim crocante de arroz com legumes, curry e tamarindo. A tradicional saqueirinha de frutas da estação (R$ 22,00) faz a harmonização. Avenida Osvaldo Aranha, 321, centro, Canela, ☎ (54) 3283-8205 (78 lugares). 18h30/23h30 (sáb. e dom. almoço 12h/16h; sáb. jantar 19h/0h; dom. jantar 19h/23h; fecha seg.). Aberto em 2009. $$$

CARNES

Churrascaria Imperador
Tradicional restaurante da cidade, tem sequência de doze tipos de carne servidos no espeto, incluindo picanha, vazio, costela, ovelha e alcatra. O rodízio sai por R$ 68,00 (no domingo, por R$ 74,00). Apesar de o prato principal rodar pelo salão, há entradas que forram o estômago com competência, caso da sopa de capelete, da salada com alface, tomate, cebola em conserva e beterraba e do radicchi com bacon. O banquete é acompanhado de macarrão ao molho vermelho e polenta frita. É bastante popular o vinho marselan Viapiana Expressões, produzido em Flores da Cunha (R$ 85,00). A refeição termina com doze tipos de sobremesa, incluindo ambrosia, sagu e pudim de leite. Avenida Júlio de Castilhos, 3107, São Pelegrino, Caxias do Sul, ☎ (54) 3225-1513 (140 lugares). 11h/14h e 19h/22h40 (dom. 11h30/15h e 19h/22h). Aberto em 1973. $$

El Fuego
Há duas décadas a casa é referência em carnes feitas na brasa. Os cortes nobres são levados à mesa exalando o inconfundível cheiro do fogo — que dá sabor, cor e suculência aos pratos. No bufê livre de parrilla (R$ 80,00 por pessoa), o cliente recebe o menu e escolhe cortes, acompanhamentos e saladas. O entrecôte e a polenta frita estão entre os mais pedidos. Quem decide por frutos do mar tem a chance de experimentar bacalhau assado com batatas grelhadas com molho de azeitonas pretas e cebola (R$ 64,90). O petit gâteau de chocolate (R$ 18,00), laborado na casa, é a dica para fechar a conta. Rua Garibaldi, 20, centro, Gramado, ☎ (54) 3286-3055 (120 lugares). 11h30/15h30 e 19h/0h. Aberto em 1998. $$

Malbec
A parrilla uruguaia especial (R$ 198,00, duas pessoas) é uma convocação para quem não vive sem carnes de corte especial. O prato leva picanha, entrecôte, filé e prime rib com molhos vinagrete, chimichurri, geleia de laranja e pimenta. Também fazem acompanhamento abobrinha, berinjela na brasa, moranga caramelada e arroz branco. Para quem deseja só petiscar, as tiras de entrecôte são assadas na brasa e servidas com pãozinho torrado (R$ 42,00). Ficam perfeitas ao lado do Lídio Carraro malbec (R$ 88,00) ou merlot (R$ 90,00). Avenida Borges de Medeiros, 2101, centro, Gramado, ☎ (54) 3286-5174 (140 lugares). 11h30/23h30. Aberto em 2012. $$$

O Irlandês SteakHouse & Pub
O chope Guinness (R$ 22,00, 300 mililitros) é a bebida mais desejada para repousar ao lado de um corte nobre de t-bone, que pode ser servido com legumes no vapor ou com batata e bacon, ao custo de R$ 64,90. A casa oferece ainda escalopes de cordeiro (R$ 64,90) e costela suína com molho barbecue (R$ 54,90). Em um ambiente que mistura referências irlandesas, uruguaias e gaúchas, a aposta é encerrar a conta com a cheesecake de frutas silvestres (R$ 18,00). Avenida das Hortênsias, 1511, lojas 3 e 4, centro, Gramado, ☎ (54) 3286-3963 (180 lugares). 14h/23h30 (sex. e sáb. 12h/0h). Aberto em 2010. $$

Toro
O cheiro da carne na brasa invade os cômodos e chega até o deque externo, com vista para os plátanos de Gramado. Quem comanda a cozinha é o chef Vinícius Zorzanello, que prepara cortes como o entrecôte acompanhado de fritas ou legumes na brasa (R$ 58,00). O menu contempla também sanduíches, e o hambúrguer com carne e queijo sai por R$ 38,80. Os acompanhamentos são pagos separadamente. Para harmonizar as receitas, a casa indica o Toro Spritz (R$ 24,90), com Aperol, suco de limão, vodca, espumante, água com gás e xarope de gengibre. Avenida das Hortênsias, 804, Planalto, Gramado, ☎ (54) 3295-9110 (100 lugares). 19h/23h30 (sex. e sáb. até 0h30). Aberto em 2016. $$

FRANCÊS

Cannelé Bistrot
Neste bistrô francês, os detalhes fazem parte da ambientação. Flores repousam solitárias sobre as mesas e abajures ajudam a ampliar a proposta intimista. Pode-se começar pela tradicional sopa de cebola, com pão e queijo gratinado (R$ 36,00). Na refeição principal, o confit de pato tem legumes salteados em ervas e purê de mandioquinha como acompanhamentos (R$ 78,00). Para encerrar, a aposta é o creme brûlé (R$ 21,00). Produzido em Gramado, o tinto Ravanello Teroldego custa R$ 115,00. Rua Danton Corrêa da Silva, 307, Quinta da Serra, Canela, ☎ (54) 3278-1499 (32 lugares). 19h30/0h (sáb. e dom. Também almoço 12h/16h; fecha seg. a qua.). Aberto em 2008. $$$

JAPONESES

Osaka
O restaurante da rede paulista atrai famílias, casais e grupos de amigos. Eles geralmente gostam de iniciar os trabalhos com a popular saqueirinha de morangos (R$ 20,00). Depois, o festival promocional (R$ 69,90 por pessoa) é capaz de lotar a casa com rapidez. Nele são servidas peças como uramaki, trouxinha de camarão, salmão, yakissoba e doze variedades de sushi. A versão que custa R$ 92,90 inclui frutos do mar como polvo, camarão, lula e sushi com ovas. Muitos clientes optam pelo tempurá de sorvete (R$ 17,00) como sobremesa. Rua Coronel Flores, 776, São Pelegrino, Caxias do Sul, ☎ (54) 3222-7732 (100 lugares). 19h/23h30 (sex. até 0h; dom. 12h30/15h30 e 19h/0h). Aberto em 2009. $$

San Tao
No serviço tradicional (R$ 89,00 por pessoa), há sushis simples e temakis. Mas a experiência sensorial está na sequência dos sonhos (R$ 109,00), que vem com guioza, sashimi de salmão, sunomono e sushis variados preparados na hora. Também há a possibilidade de criar combinados, inclusive veganos. Para aquecer o paladar, a saqueirinha de frutas da estação (R$ 24,00) é uma aposta. Rua Garibaldi, 63, centro, Gramado, ☎ (54) 3295-1851 (90 lugares). 19h/23h30. Aberto em 2006. $$$

Takumi
A gema de ovo de codorna e o azeite trufado são os toques finais do sushiman em peças que mais parecem obras-primas. Diante dos garçons interessados em explicar cada item do cardápio, o cliente mergulha em uma experiência gastronômica que envolve cheiros e sabores. A especialidade é a sequência (R$ 120,00 por pessoa), que vai além de sushis e sashimis: há salada sunomono com lichia e tartare de atum com ovas. Destaque para o niguiri de ovo de codorna. As variedades são harmonizadas com o sauvignon blanc chileno Catrala 2015 (R$ 147,00). Rua Wilma Dinnebier, 79, centro, Gramado, ☎ (54) 3286-5098 (48 lugares). 19h/23h30 (fecha seg.). Aberto em 2016. $$$

Umai-Yoo
A casa apresenta uma culinária com referências do Japão e do Peru, em uma gastronomia centralizada no fogo. Quem prefere o tempero oriental vai na sequência de sushis com preço de R$ 89,90 (aos sábados e domingos, sobe para R$ 109,90). Yakissoba de legumes e temakis aparecem nas boas-vindas. Depois, o destaque é a variedade de sashimis, que contempla salmão, atum, peixe-prego, polvo, camarão, tilápia e dourado-do-mar. Os temperos latinos aparecem no risoto com posta de salmão grelhada e com crosta de gergelim negro (R$ 79,00) e na porção de camarões grandes com legumes (R$ 120,00). O espumante Cave Geisse Brut Rosé custa R$ 152,00. Rua Augusto Pestana, 55, São Pelegrino, Caxias do Sul, ☎ (54) 3537-6667 (98 lugares). 19h/23h (sex. e sáb. até 0h). Aberto em 2009. $$$

PIZZARIAS

Bugio Eco Gastronomia
Comandada pelo chef e faixa preta de hapkido Thiago Paese, a casa tem foco na alimentação orgânica. Sobre os discos de massa de fermentação natural surgem coberturas como a que reúne espinafre, cogumelo shiitake, “bacon” feito de cogumelo, queijo gorgonzola, cebola-roxa e mostarda artesanal (R$ 30,00, seis fatias). No inverno, os pedidos focam o creme de shimeji e funghi, alho-poró e queijo parmesão e molho de manjericão (R$ 30,00). Como sobremesa, vale apostar na pizza com massa de cacau e leite de coco, coberta por morangos, mirtilos e calda de frutas vermelhas (R$ 30,00, seis fatias). A caipirinha de frutas vermelhas com cachaça orgânica custa R$ 18,00. Rua Visconde de Mauá, 390, São Pelegrino, Caxias do Sul, ☎ (54) 99143-4977 (30 lugares). 18h/23h30 (fecha no domingo). Aberto em 2012. $$

Forneria da Mata
As ervas e os azeites típicos da Itália perfumam as pizzas, que podem ser servidas em tamanho grande, com até dois sabores, ou brotinho. Elas são assadas sobre a pedra. A clássica calabresa (R$ 70,00, doze fatias) e a de bacon (R$ 45,00 a broto) estão entre as mais pedidas. Também integra o cardápio de sessenta sugestões a versão de filé com alcaparra (R$ 79,00, doze fatias). Para mais crocância, pode-se pedir para acrescentar gergelim à borda da massa. Companheira ativa, a garrafa de pilsen Edelbrau custa R$ 23,00, com 500 mililitros. Rua Emílio Raimann, 375, Piá, Nova Petrópolis, ☎ (54) 3281-9028. 19h/23h (fecha seg. a qua.). Aberto em 2006. $$

Kongo
O grande prédio tem decoração temática, inspirada na selva africana, o que inclui som ambiente e paredes com ar de caverna. No menu impera o rodízio (R$ 69,90) com mais de oitenta sabores de pizza. Entre elas, calabresa, quatro queijos, manga com mel e rúcula e pato com molho de laranja. Para a sobremesa, a de banana com doce de leite e a de sorvete fazem sucesso. A lista de drinques inclui caipirinha de morango, limão ou abacaxi (R$ 26,90), que é servida em um copo que parece uma casca de coco. Avenida das Hortênsias, 5683, Gramado, ☎ (54) 3286-7627 (250 lugares). 18h30/23h30 (sex. e sáb. a partir das 18h). Aberto em 2017. $$

Pizza entre Vinhos
Foi durante um passeio de bicicleta que o proprietário teve a ideia de transformar o porão de pedras subaproveitado da Mamma Gema Trattoria em uma pizzaria. A ideia foi incrementada por uma adega farta de vinhos, na qual o cliente compra a preço de vinícola. Um exemplo é o Reserva Almaúnica malbec, produzido no Vale dos Vinhedos (R$ 70,00). A bebida faz boa companhia à redonda coberta com carne desfiada de cordeiro (R$ 98,00, doze fatias). A pizza batizada com o nome do proprietário leva presunto cru italiano, tomate, uva e pesto de manjericão (R$ 98,00, doze fatias). Rodovia ERS-444, km 18,9, Estrada do Vinho, Vale dos Vinhedos, Bento Gonçalves, ☎ (54) 3459-1392 (110 lugares). 19h/22h30 (fecha seg. e dom.). Aberto em 2014. $$