Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Os melhores restaurantes de frutos do mar em Recife

Confira os endereços da categoria que valem a visita

Por Beatriz Malheiros, Daniel Salles, Gabriela Lopez, Jennifer Detlinger, Marcela Balbino, Paula Melo e Rosália Vasconcelos - Atualizado em 3 set 2017, 21h00 - Publicado em 26 ago 2017, 04h00

O roteiro a seguir, com oito estabelecimentos, integra a edição digital de VEJA COMER & BEBER RECIFE 2017/2018:

 

Bargaço – eleito o melhor restaurante de peixes e frutos do mar

São as moquecas, servidas em panelas de barro, fumegantes e coloridas, que mais fazem sucesso nesta bem-sucedida filial da rede, fundada em Salvador, em 1971. Para duas pessoas ou mais, como todas as outras, a de camarão com lagosta leva aquele caldo dourado valorizado pelo dendê e com pouco coentro, como reza a tradição baiana (R$ 158,00). De acompanhamento, arroz, pirão e farofa. Também para dois, o camarão à flor do pina é feito com o crustáceo gratinado, purê de jerimum, raspas de coco, creme de espinafre e catupiry (R$ 146,00). A caldeirada sinfonia marítima combina camarão com lagosta, pescada-amarela, polvo e sururu e sacia, sem desafinar, a fome de três pessoas (R$ 190,00). Para come-çar, boas pedidas são a casquinha de siri (R$ 12,00 a unidade) e a porção de bolinhos de bacalhau (R$ 51,00, com seis unidades). Dos mais de 200 rótulos da carta de vinhos, destacam-se o argentino Chardonnay Alta Vista Premium (R$ 113,00) e o alentejano Esporão Reserva (R$ 145,00). A cocada de forno com sorvete de tapioca é uma excelente opção para fechar a refeição (R$ 23,00).

Publicidade

Avenida Engenheiro Antônio de Góes, 62, Pina, 3465-1847 (220 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h). Aberto em 1991. $$$

 

2º Lugar – Beijupirá

Na rede que pertence à chef Adriana Didier, muitos dos clientes têm suas receitas preferidas. Entre elas está o camarão tropical, flambado em uísque e servido com molho branco dentro da metade de um abacaxi ao lado de cubos da própria fruta e arroz de castanha­ de­ caju (R$ 71,00). Antes, vale pedir um gratinado de queijo de coalho ralado com cebola, pimentão, tomate e salsinha sobre discos de beiju de tapioca (R$ 24,80). Das sobremesas, o crepe com sorvete de tapioca, mel de engenho e xerém de castanha custa R$ 22,50.

Publicidade

Rua Saldanha Marinho, s/nº, Alto da Sé, Olinda, 3439-6691 (120 lugares). 12h/0h (dom. 12h/17h; fecha ter.). Mais cinco endereços. Aberto em 1992. $$$

 

3º Lugar – Chicama

Na varanda com vista para o encontro do mar com o rio na Bacia do Pina, esta casa do chef Biba Fernandes é dos melhores lugares para saborear pescados no Recife. Ostras e lambretas frescas são escolhidas direto do aquário. As primeiras podem ser gratinadas (R$ 42,00, com seis unidades). Já as lambretas recebem creme picante de ají e vinho branco (R$ 45,00 a dúzia). Dos pratos principais, o arroz de polvo com camarão grelhado sai a R$ 115,00. Dá para dividi­lo, e vai bem com o vinho branco argentino Latitud 33° Chardonnay (R$ 69,00).

Publicidade

Cabanga Iate Clube de Pernambuco, 3428-4277 (150 lugares). 12h/15h e 18h/0h (sáb. 12h/0h; dom. 12h/17, só para sócios, convidados e sob reserva; fecha seg.). Aberto em 2014. $$$$

 

Camarada Camarão

Durante a semana, a unidade do Shopping Recife tem uma seleção de pratos que podem ser divididos por duas pessoas. No gratinado imperial, os camarões flambados em conhaque juntam-se a alho-poró antes de ser gratinados com mussarela e parmesão. São servidos ao lado de arroz cremoso mais bacon, palmito, tomate e batata palha caseira (R$ 79,00). Em outra sugestão para compartilhar, dois filés altos de salmão, grelhados em manteiga de maracujá e manga, coco fresco e pimenta-de-cheiro, unem-se a arroz de sete grãos com cream cheese, tomate, alho-poró e manjericão (R$ 79,00). Aos sábados, nos dois endereços, a feijoada de frutos do mar combina camarão, lula, polvo e mexilhões com paio, feijão-branco e bacon. Serve três pessoas (R$ 149,00). Pedida para finalizar, a cocada cremosa ao forno é acompanhada de sorvete de creme e calda de maracujá (R$ 17,90).

Publicidade

Rua Padre Carabuceiro, 777, Boa Viagem, 3019-6620 (175 lugares). 11h30/23h (sex. e sáb. até 0h; dom. até 22h); Rua Baltazar Pereira, 130, Boa Viagem, 3325-1786. 17h/23h (qui. até 0h; sex. e sáb. 12h/0h; dom. 12h/20h; fecha seg.). Aberto em 2005. $$$

 

Capitania Forneria e Mar

Nesta casa na beira-mar de Olinda, muitos dos pratos principais podem ser divididos entre duas pessoas. Atiçam o paladar a piaba de ouro – peixe, camarão, polvo e lagosta grelhados em azeite mais pimentão vermelho, cebola e arroz branco (R$ 115,00) — e a moqueca capitanias de Pernambuco, um misto de mexilhão, ostra, camarão, lula e peixe puxados no coco (R$ 115,00). Quem quiser variar poderá recorrer à carne de sol junto de feijão-verde cremoso com queijo de coalho, farofa de jerimum e bacon mais arroz branco (R$ 49,90). Precede as escolhas a variação da clássica casquinha, que aqui tem o nome de siri na lata: carne de siri gratinada e coberta por uma camada de farinha panko. São acompanhamentos limão e pimenta (R$ 16,50 a unidade). Na hora da sobremesa, tem bolo de rolo com sorvete de cajá e calda de goiabada (R$ 14,00).

Publicidade

Rua Eduardo de Morais, 25, Bairro Novo, Olinda, 3429-8970 (160 lugares). 17h/0h (sex. e sáb. 11h/1h; dom. 11h/22). Aberto em 2008. $$$

 

Entre Amigos Praia

Entrada mais pedida, custa R$ 112,50 a porção de camarão crocante, empanado e frito, para duas pessoas. O crustáceo também é ingrediente da massa do dadinho de tapioca, que pode ser banhado em molho agridoce (R$ 19,95, oito unidades). Fomes maiores são resolvidas em escolhas substanciosas, como as postas de bacalhau e de pescada-amarela. A primeira recebe crosta de ervas e tem ao seu lado arroz de brócolis e batata gratinada (R$ 72,95). A segunda, preparada em azeite e alho e enriquecida por alcaparras, azeitonas pretas, tomate-cereja e amêndoas laminadas, chega à mesa com capellini na manteiga (R$ 66,90). Em meio aos 150 rótulos da carta, o vinho branco nacional Miolo Reserva Chardonnay é vendido por R$ 86,90. Faz o papel de sobremesa um doce chamado de parfait de chocolate — uma musse com morangos marinados em vodca (R$ 19,90).

Publicidade

Avenida Boa Viagem, 760, Pina, 3127-2510 (300 lugares). 11h/2h. Aberto em 2013. $$$

 

Império dos Camarões

A barraca especializada em caldinho e cachaça foi adicionando pratos com camarão ao cardápio até se converter neste espaçoso restaurante, na ativa há mais de quarenta anos. O siri-mole frito na manteiga (R$ 70,00) abre caminho para o camarão à portuguesa, refogado na manteiga com legumes e escoltado por pirão e arroz (R$ 97,00), e para o risoto de polvo, camarão e lagosta, chamado de arroz à flávio miranda (R$ 99,00). As porções são recomendadas a até três pessoas. Dos trinta tipos de cachaça, a dose de Pitú Vitoriosa, versão premium da marca, sai a R$ 20,00. O pudim de leite caseiro encerra os pedidos (R$ 5,50).

Publicidade

Rua Badeijo, 32, Brasília Teimosa, 3326-7242 (200 lugares). 11h/23h (dom. até 17h). Aberto em 1974. $$$

 

Patuá Delícias do Mar

A varanda deste restaurante localizado no Sítio Histórico de Olinda deixa avistar o Recife enquanto se saboreia o pataxó-erê, uma entrada composta de camarão, peixe do dia, lula e polvo salteados na manteiga de garrafa, alho e ervas. Junto desse misto há uma porção de chips de batata-doce (R$ 30,90, para duas pessoas). Logo em seguida, puxado também em manteiga de garrafa, o camarão com arroz cremoso de polvo e lâminas de amêndoas custa R$ 54,90. Para finalizar, o vulcão de Olinda é uma torta de chocolate com recheio de morango. Ela chega com brigadeiro branco, chantili, sorvete de morango orgânico e cobertura de brigadeiro mole — a sobremesa é tão farta que dá para dividi-la entre quatro pessoas e ninguém passa vontade (R$ 34,90). Menorzinha, a cocada mole de coco fresco em leite condensado com sorvete de tapioca e banana caramelada custa R$ 18,90 e serve duas pessoas.

Publicidade

Rua Bernardo Vieira de Melo, 79, Carmo, Olinda, 3055-0833 (50 lugares). 11h/15h (qui. a sáb. também 18h/23h; dom. só almoço; fecha seg.). Aberto em 2006. $$

Publicidade