Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Orlando Drummond faz 100 anos: os personagens marcantes do ‘Seu Peru’

Ator tem uma longa carreira na comédia e como dublador de personagens icônicos

Eternizado pelo papel do ‘Seu Peru’ na primeira versão da Escolinha do Professor Raimundo, Orlando Drummond comemora o centenário nesta sexta-feira, 18. “Que alegria chegar aos 100 anos curtindo o aniversário da minha bisneta Mariah ao lado da amada Glória (esposa)”, escreveu ele nas redes sociais

 

Ao todo, Drummond integrou o elenco da escolinha comandada por Chico Anysio por seis anos seguidos. Em homenagem ao seu centenário, o ator foi convidado para uma participação especial na versão atual do humorístico da Globo, no episódio que vai ao ar no próximo domingo, 20. Nessa versão, quem dá vida ao Seu Peru é o ator Marcos Caruso.

Além da carreira de ator na televisão, Drummond também é dublador e deu voz a personagens icônicos, que fizeram e fazem parte da infância de muita gente. VEJA listou seis ocasiões marcantes nos 100 anos de vida de Orlando.

Seu Peru

Seu Peru Seu Peru

Seu Peru (TV Globo/Reprodução)

Sua voz já era conhecida desde os anos 50, quando começou a dublar personagens estrangeiros, mas foi na década de 90 que o rosto do ator se tornou familiar ao público brasileiro com o famoso Seu Peru, da Escolinha do Professor Raimundo. O personagem ficou conhecido pelas roupas extravagantes e seus diversos bordões, como “use-me e abuse-me”, “te dou o maior apoio” e “Peru é cultura, cheio de ternura”. Apesar dos trejeitos estereotipados e caricatos do que se costumava associar, no humor, a um homem gay, o ator contou, em entrevista a VEJA, que “todo mundo gostou bastante porque eu fazia uma bicha muito gente boa, não era debochado, maldoso”. 

Scooby Doo

Scooby Doo Scooby Doo

Scooby Doo (Cartoon Network/Reprodução)

Durante 35 anos, Drummond emprestou sua voz à versão brasileira de Scooby Doo, o dogue alemão falante que viaja o mundo ao lado de quatro humanos ajudando-os a solucionar mistérios. Este é o personagem preferido dele e surgiu depois de Orlando simular latidos para escapar de um assalto dentro de sua casa. O desenho foi o responsável por colocá-lo no Guinness Book com o recorde de maior longevidade na dublagem de um personagem por um mesmo ator. 

Vingador

Vingador Vingador

Vingador (Reprodução/Youtube)

Outro personagem marcante na carreira do ator foi o Vingador, famoso vilão do clássico desenho dos anos 80 Caverna do Dragão. Recentemente, Drummond voltou a dublar o feiticeiro em um comercial de uma marca de carro lançado em maio na televisão. “E ontem estreou um trabalho muito aguardado”, escreveu o artista em sua conta no Instagram à época. “Poder dar voz novamente ao Vingador me emocionou bastante!”

Zorra Total

Índio Taco Índio Taco

Índio Taco (Reprodução/Youtube)

Orlando Drummond participou do programa humorístico por 13 anos. Ele entrou em 1999 e fez a sua última participação em 2013. Ao longo do tempo ajudou a criar quatro personagens, além do Seu Peru, ele fez o Índio Taco, Takancuca, e o trevoso Vamperu – este ao lado de Chico Anysio. O primeiro personagem, por exemplo, ao lado do humorista Paulo Silvino (índio Pataco), fazia parte da primeira dupla indígena do humor na televisão brasileira. 

Alf, o ETeimoso

Alf Alf

Alf (Reprodução/Youtube)

Com 103 episódios, a série de sucesso dos anos 80 ficou no ar por quatro anos. No Brasil, o alienígena que cai por engano na terra e é resgatado por uma família da Califórnia tem a voz de Orlando Drummond. O seriado já chegou a passar na Globo, Bandeirantes e SBT. 

Popeye

Popeye Popeye

Popeye (Reprodução/Youtube)

Talvez Orlando tenha aprendido a comer espinafre, como o famoso personagem que dublou no Brasil, para chegar aos 100 anos com toda a força e vitalidade. De personagem a quadrinhos, o marinheiro Popeye, no país, foi de desenho animado à mascote de time de futebol. E de se pensar que o namorado da Olívia Palito, nos primeiros episódios da história era na verdade um grande fanfarrão e mau caráter. Que batia em todos os outros marinheiros sem motivo e entornava todos os copos de cerveja que visse pela frente.