Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Oprah pede desculpas por frenesi causado por acusação de racismo

A apresentadora afirmou durante entrevista na televisão na semana passada que quis ver bolsa em loja na Suíça, mas vendedora se recusou a mostrar. Agora, ela explica que não quis acusar um país todo, mas apenas delatar a prática de uma vendedora

A apresentadora de televisão americana Oprah Winfrey pediu desculpas pelo frenesi causado pela declaração de que foi vítima de racismo em uma loja na Suíça. “Sinto muito que esse incidente tenha ‘explodido’. Eu não mencionei o nome da loja de propósito, mas sinto muito por ter dito que foi na Suíça”, falou durante a pré-estreia do filme The Butler, de Lee Daniels, no qual atua, e que fala sobre a conquista dos direitos civis pelos negros.

LEIA TAMBÉM:

LEIA TAMBÉM: Oprah Winfrey diz ter sido vítima de racismo na Suíça

Oprah Winfrey e os dez famosos mais poderosos do mundo

Em entrevista ao programa de televisão Entertainment Tonight na semana passada, Oprah afirmou ter pedido para ver uma bolsa em uma loja de luxo na Suíça. mas que a atendente teria se recusado a mostrar o produto por ele ser muito caro — a bolsa custava 35 000 francos suíços, o equivalente a 86 000 reais. “Eu não estava usando nenhuma roupa ou acessório que indicasse que eu tenho dinheiro. Não tinha diamante ou sapatos Louboutin. Mas você deveria poder entrar em uma loja e olhar o que quisesse”, afirmou.

Oprah não revelou o nome da loja, no entanto, jornalistas descobriram que se tratava da Trois Pomme, em Zurique. Desde então, as autoridades do turismo da Suíça e a dona da loja pediram desculpas à apresentadora na semana passada, mas Oprah garante que não há necessidade de desculpas. “Eu não estou acusando o país ou aquela loja de nada. Foi só uma pessoa que não me ofereceu a oportunidade de ver aquela bolsa. Se alguém cometer um erro nos Estados Unidos, por acaso nós nos desculpamos pelo país todo? É claro que não.”

LEIA TAMBÉM:

LEIA TAMBÉM: Luciana Gimenez vira a “Oprah brasileira” na TV americana

Oprah pagou 2 milhões de dólares para falar com Lindsay Lohan

Enquanto isso, a vendedora acusada de racismo por Oprah se defendeu dizendo que a apresentadora mentiu sobre o ocorrido na loja. “Eu não sei porque ela está fazendo todas essas acusações. Ela é tão poderosa, e eu sou apenas uma vendedora”, disse a garota ao jornal suíço SonntagsBlick. “Isto não é verdade, eu jamais diria algo assim para um cliente. Eu não sabia quem ela era quando entrou na loja, mas isso não teria feito diferença”, disse a vendedora. Segundo o site da revista The Hollywood Reporter, alguns blogueiros também acusam Oprah de ter distorcido os fatos para promover o filme The Butler.

Em junho deste ano, Oprah foi eleita pela quinta vez a celebridade mais poderosa do mundo pela revista Forbes. Sua fortuna é estimada em 2,7 bilhões de dólares e, somente neste ano, ela já faturou 77 milhões de dólares, segundo a mesma revista.