Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Oprah estuda convite para voltar a atuar

Los Angeles (EUA), 16 fev (EFE).- A diva da televisão americana Oprah Winfrey pode voltar aos cinemas pelas mãos do diretor Lee Daniels (‘Preciosa’) no filme ‘The Butler’, que conta a história de um mordomo afro-americano que serviu a oito presidentes dos Estados Unidos, informou nesta quinta-feira o ‘The Hollywood Reporter’.

Oprah, de 58 anos, estreou no cinema em 1985 com ‘A Cor Púrpura’, produção pela qual foi indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante e que precedeu o início de sua longa carreira na televisão com o ‘The Oprah Winfrey Show’.

O programa a tornaria uma das pessoas mais famosas e influentes dos EUA durante os 25 anos em que foi exibido, até maio de 2011.

Nesse período, Oprah atuou apenas em ‘Native Son’ (1986) e ‘Bem-Amada’ (1998), para depois emprestar sua voz a animações como ‘Bee Movie – A História de uma Abelha’ (2007) e ‘A Princesa e o Sapo’ (2009).

Oprah produziu em 2009 o drama ‘Preciosa’, de Lee Daniels, que agora pretende que a estrela da televisão interprete a esposa de um mordomo que trabalhou na Casa Branca para oito presidentes do país entre 1952 e 1986, uma história real contada em um artigo do ‘Washington Post’ em 2008.

‘The Butler’ aborda a vida de Eugene Allen, que quando era jovem conseguiu um emprego como servente na Casa Branca e ao longo dos anos viu a evolução da luta contra a segregação racial nos EUA desde sua posição próxima à Presidência.

Hugh Jackman, Mila Kunis e John Cusack estão associados ao projeto, enquanto Oprah faria a esposa de Allen, falecida um dia antes da escolha de Barack Obama como líder dos EUA.

David Oyelowo (‘Planeta dos Macacos: A Origem’) é a primeira opção de Daniels para viver Eugene Allen.

Oprah, que em 2011 lançou sua própria emissora de televisão, a ‘OWN’, tem outro projeto cinematográfico em mãos, este para o estúdio Universal. Na produção, que por enquanto está parada, a ex-apresentadora trabalharia com Meryl Streep e Sandra Bullock. EFE