Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Objetos da casa em que MJ morreu vão a leilão sábado

Dentro os itens, um espelho em que o cantor gravou uma referência aos shows que faria em Londres

Fãs de Michael Jackson poderão arrematar, neste sábado, uma série de objetos que estavam na casa do cantor quando ele morreu, em junho de 2009. Ao todo, serão leiloadas 500 peças, que incluem pinturas, móveis e objetos de decoração. Todos foram retirados da casa que o cantor alugava em Bel Air, na Califórnia.

Na mansão, Jackson se preparava para a série de até 50 shows que faria em Londres no ano seguinte. O detalhe curioso é que quase nenhum desses objetos tem ligação afetiva com o cantor ou sua família, afinal, a casa foi alugada mobiliada.

A casa de leilões justificou a venda dizendo que são itens muito importantes por terem cercado a vida do cantor nos seus últimos dias. A família do cantor interviu em parte do leilão, ao pedir que a cabeceira da cama em que Michael foi encontrado morto fosse retirada dos itens disponíveis. O móvel que mais chama a atenção é o espelho de um armário em que o cantor escreveu à punho a mensagem “trainer, perfeição, março abril cheio até maio”, certamente em referência à série de shows londrinos.