Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

‘O Menino e o Mundo’ faz ‘vaquinha’ para campanha do Oscar

Diretor Alê Abreu quer arrecadar fundos para intensificar a divulgação do filme nos Estados Unidos

Por Da Redação - 1 fev 2016, 21h15

Para se fortalecer na briga pelo Oscar de melhor animação, o diretor Alê Abreu, do filme brasileiro O Menino e o Mundo, decidiu fazer uma forte campanha de divulgação do filme nos Estados Unidos na reta final da disputa. Para concorrer com as outras animações, que possuem orçamentos milionários, e a pedido da distribuidora internacional do longa, a GKids, o cineasta decidiu recorrer ao financiamento coletivo, isto é, uma espécie de “vaquinha”, com doações de apoiadores que simpatizaram com o projeto, para arrecadar dinheiro para a campanha.

LEIA TAMBÉM:

‘Somos a zebra do Oscar, mas temos chance’, diz diretor de ‘O Menino e o Mundo’

Brasileiro ‘O Menino e o Mundo’ disputa indicação ao Oscar de animação

Publicidade

Filme brasileiro ‘O Menino e o Mundo’ é premiado na França

O projeto está na plataforma virtual Catarse, que promove a organização de campanhas de financiamento coletivo, o chamado crowdfunding. O objetivo da campanha é acumular 100.000 reais em contribuições, sendo que apenas nos dois primeiros dias as doações já chegaram em 49% da meta. As pessoas que colaborarem com a vaquinha ainda ganham brindes, como postais, cadernos e o DVD com o filme, dependendo da quantia doada.

(Da redação)

Publicidade