Clique e assine a partir de 9,90/mês

O Ateliê do Grão é o melhor café de Goiânia

O endereço campeão aposta em matéria-prima das boas, proveniente de microlotes especiais, e diferentes métodos de extração

Por Camila Sayuri, Eula Lôbo, Geovane Gomes, Juliana Koch, Natália Ribeiro, Vinicius Tamamoto e Yuri Lopes - Atualizado em 28 Oct 2017, 12h41 - Publicado em 28 Oct 2017, 04h00

De origem francesa, a palavra ateliê define um lugar onde se produz arte. Não por acaso, a cafeteria apontada pelo júri de VEJA COMER & BEBER como a melhor da cidade carrega o vocábulo no nome. Ali, cada detalhe da preparação da bebida, desde a escolha dos grãos até o serviço ao cliente, é planejado como se fizesse parte da criação de uma obra complexa. Para começar, o barista Magdiel Rodrigues só trabalha com microlotes especiais, que são torrados e moídos no local. A seleção sempre abarca dois tipos de grão, podendo incluir, por exemplo, o Sombreado e o Evanete, oriundos da Fazenda Paraíso da Nascente, no cerrado mineiro. De expresso, há cinco versões, entre elas o curto e o longo (R$ 6,10 cada um) e o seattle (R$ 9,95), esse último extraí do em uma belíssima máquina Slayer azul-turquesa. Trazido dos Estados Unidos, o equipamento permite ajustar a pressão da água, o tempo e a velocidade. Na ala dos filtrados, há sugestões feitas na aeropress (R$ 11,40), no Hario (R$ 12,00) e na Trifecta (R$ 12,00). Para morder entre um gole e outro, o cardápio sugere sanduíches, muffins e quitutes como a broa de milho (R$ 7,20), que sai em duas fornadas diárias e é a queridinha da clientela. Rua 36, 354, Setor Marista, (62) 3226-0101 (45 lugares). 8h/20h. Aberto em 2010

2º lugar: Café Cariño
Localizado em uma casa no Setor Marista, o endereço ficou em segundo lugar na votação de melhor café. Não é sem razão. Os cuidados começam na torra, que é feita ali mesmo. O expresso (R$ 5,50) e o café coado na prensa francesa (R$ 11,50, 200 mililitros) são boas pedidas para acompanhar a fatia do bolo de milho (R$ 6,50). O combo cariño reúne expresso, brownie e uma taça de vinho do Porto (R$ 20,00). Para levar, os grãos escolhidos pelo cliente podem ser moídos na hora. Rua 1136, 530, Setor Marista, (62) 3241-3278 (80 lugares). 11h30/19h30 (qui. a sáb. até 23h30; fecha dom.). Aberto em 2015.

3º lugar: Luiz Café Conceito
O superbolo, receita elaborada pela mãe de uma das proprietárias, Renata Araújo, vem com recheio e cobertura de brigadeiro de chocolate ao leite (R$ 12,00 a fatia). Ele faz boa parceria com o cappuccino (R$ 9,50) ou com o bem tirado expresso (R$ 5,00) da casa — na eleição de melhor café desta edição, o endereço ficou em terceiro lugar. O menu ainda lista sugestões salgadas, como o sanduíche na ciabatta com pernil e molho agridoce de goiabada com pimenta (R$ 25,00), e bebidas geladas, a exemplo do café cozumel, que leva a bebida coada na Aeropress, suco de limão, açúcar mascavo, água com gás e gelo (R$ 13,00). Rua 32-A, 146, Setor Aeroporto, (62) 3661-0043 (40 lugares). 14h/20h (fecha dom.). Aberto em 2015.

Publicidade