Clique e assine com 88% de desconto

Novo ‘Jogos Vorazes’ supera 2,7 milhões de espectadores no Brasil

Quarto filme da franquia já soma 440 milhões de dólares em renda no mundo

Por Da Redação - 30 nov 2015, 13h03

Jogos Vorazes: A Esperança – O Final, quarto e último filme da franquia iniciada em 2012, foi o mais visto nos cinemas brasileiros e americanos neste final de semana. Nos Estados Unidos, o longa fez 75,8 milhões de dólares durante os cinco dias que englobam o feriado prolongado de Ação de Graças. No total, o filme, que estreou em 32.500 salas de cinema espalhadas por 88 países, já soma mais de 440 milhões de dólares em bilheteria mundial, segundo dados da Box Office Mojo.

No Brasil, a produção também se mantém no topo das bilheterias desde sua estreia, no dia 18 de novembro. De acordo a distribuidora Paris Filmes, o longa já soma 2,7 milhões de espectadores no país. Após a derradeira aventura de Katniss (Jennifer Lawrence), o ranking dos dez mais vistos no país nesta semana, feito pela empresa especializada Rentrak, fica completo com Victor Frankenstein; 007 Contra Spectre; O Último Caçador de Bruxas; A Visita; O Reino Gelado 2; S.O.S.: Mulheres ao Mar 2; Chico – Artista Brasileiro; Aliança do Crime; e Como Sobreviver a um Ataque Zumbi, respectivamente.

LEIA TAMBÉM:

Alemanha explode ‘Presidente Snow’ para celebrar bilheteria de ‘Jogos Vorazes’

Publicidade

‘Jogos Vorazes’ atinge os US$ 320 milhões em bilheteria

‘Jogos Vorazes’ é maior que ‘Crepúsculo’, diz diretora da saga

Jennifer Lawrence é tirada de cartazes de ‘Jogos Vorazes’ em Israel

Apesar de ser o mais visto nos Estados Unidos, a arrecadação de estreia de Jogos Vorazes: A Esperança – O Final ficou aquém do esperado. A ficção científica obteve “apenas” 101 milhões de dólares, dezenove a menos do que o projetado por especialistas no mercado cinematográfico. O episódio anterior da série, inclusive, teve desempenho melhor em 2014, quando registrou 121 milhões de dólares em bilheteria no final de semana de estreia. No total, a franquia soma, até o momento, 2,7 bilhões de dólares

Publicidade

(Da redação)

Publicidade