Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Novela do SBT ‘As Aventuras de Poliana’ é acusada de racismo

Cena exibida nesta quarta-feira foi considerada um desfavor à causa negra por usuários das redes sociais

A novela infantil As Aventuras de Poliana, do SBT, foi acusada de racismo após a exibição do capítulo desta quarta-feira. No episódio, a personagem Helô (Eliana de Souza), diretora da escola onde se passa a trama, dá a entender à aluna Késsya (Duda Pimenta) que o racismo é culpa dos próprios negros.

“Sabe qual é um dos maiores culpados pelo preconceito?”, pergunta a educadora. “Os racistas”, responde prontamente Késsya, que está sendo acusada de roubar um objeto da escola e que argumenta que, se fosse branca, não desconfiariam dela. “Não. A nossa cabeça. E para que os outros parem de ver a nós negros como diferentes, nós precisamos parar de nos ver como diferentes. Como piores ou melhores do que determinada raça”, diz Helô.

Nas redes sociais, parte do público considerou a fala da personagem um desfavor ao combate ao preconceito contra o negro no Brasil. “Deslegitimar a percepção de uma menina negra da situação de racismo que ela viveu e ainda, ‘ensinar’ a essa criança que o racismo é culpa dos negros que se enxergam diferente dos outros e que não se valorizam a partir da voz de uma mulher negra é mais uma vez violentar a nossa subjetividade e nos colocar como responsáveis por um sistema de exclusão criado e mantido para garantir o privilégio branco”, escreveu a página A Mãe Preta no Facebook. A publicação já teve mais de 2.700 compartilhamentos.