Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

No dia em que morreu, Paul Walker pediu à mãe que cuidasse da filha

De acordo com o site TMZ, o ator disse à mãe que estava ocupado demais com sua carreira e não conseguia cuidar direito da menina

Paul Walker pediu que sua mãe, Cheryl, deixasse o emprego como enfermeira para cuidar tempo integral de sua filha, Meadow, segundo o site TMZ. E o pedido aconteceu no mesmo dia em que o ator sofreu o acidente de carro que o matou, no final de novembro de 2013.

Leia também:

Mãe de Paul Walker vai à Justiça por guarda da neta

Após velório privado, famosos se despedem de Paul Walker

Paul Walker ganha tributo com cenas de ‘Velozes e Furiosos’

De acordo com a publicação, o ator disse à mãe que estava ocupado demais com sua carreira e não conseguia cuidar direito da menina. Em agosto, Meadow se mudou para a casa da avó, mas Cheryl não podia dar atenção integral para a neta, já que também trabalhava como enfermeira. Quando a avó estava fora, a garota ficava com babás contratadas por Walker.

Na manhã do dia em que sofreu o acidente, o ator ligou para Cheryl e pediu que ela deixasse o emprego para cuidar da menina, já que não conseguia encontrar uma boa babá. A mãe aceitou e o ator ligou para outros membros da família para dar a notícia.

Após a morte de Walker, Rebecca, a mãe de Meadow, se tornou a responsável legal pela menina, mas as duas continuaram a morar na casa de Cheryl. Nesta semana, a avó da menina foi à Justiça para brigar pela guarda da neta, afirmando que a mãe não tem condições de cuidar da garota por causa de seus problemas com o álcool.