Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nicole Kidman diz que entende por que filhos de Grace Kelly repudiam cinebiografia

Atriz tem o papel principal no filme "Grace: A Princesa de Mônaco", que será exibido na abertura do Festival de Cannes

A atriz Nicole Kidman admitiu ao site do jornal britânico Daily Mail que entende o repúdio dos filhos de Grace Kelly, o príncipe Albert II e as princesas Caroline e Stephanie, à cinebiografia Grace: A Princesa de Mônaco, que será exibida na abertura do Festival de Cannes na próxima semana. “Eu sei que eles estão chateados. Eu estaria também se fosse um filme sobre minha mãe”, disse a atriz, que interpreta Grace Kelly. “É o trabalho dos filhos proteger seus pais. Isso eu entendo. O que eu posso dizer é que tenho um grande respeito e admiração pela mãe deles.”

A família real de Mônaco emitiu um comunicado oficial no início de 2013, em que repudiava a produção hollywoodiana, ainda em fase de produção. “Para nós, este filme não constitui uma obra biográfica, mas apenas um retrato de parte da sua vida, com uma glamourização sem sentido, erros históricos e cenas puramente fictícias”. O roteiro foi lido pela família, que chegou a pedir algumas alterações aos produtores, mas os pedidos não foram atendidos. Recentemente, os filhos de Grace Kelly avisaram que não irão na abertura do Festival de Cannes em forma de protesto pela exibição do filme.

Leia também:

Nicole Kidman vive Grace Kelly infeliz e angustiada em novo trailer

Filme sobre Grace Kelly desagrada família real de Mônaco

Segundo Nicole Kidman, o longa é um recorte da transição da vida de uma atriz de cinema para uma princesa no começo dos anos 1960. “O filme é sobre uma mulher que foi de vencedora do Oscar, no auge da carreira, a esposa de um príncipe”, diz Nicole. “Ela teve que aprender a ser uma princesa, e isso não acontece do nada. Isso exige habilidade, comprometimento e respeito. Ela teve que interpretar um papel, o papel de princesa”, conta.