Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Netflix planeja montar estúdios próprios em São Paulo

João Doria se reuniu com Ted Sarandos, fundador da empresa de streaming, e ofereceu estrutura da TV Cultura para os americanos expandirem a produção local

A Netflix se prepara para avançar na produção de conteúdo no Brasil com a instalação de uma estrutura de estúdios nos mesmos moldes que mantém nos Estados Unidos. Uma das possibilidades em estudo pela plataforma de streaming é utilizar parte da infra-estrutura e da mão de obra para as áreas de produção e pós-produção da TV Cultura, pertencente ao governo do estado de São Paulo.

“A Netflix vai investir 350 milhões de reais em 30 produções brasileiras e estamos propondo que a TV Cultura entre como parceira na estruturação do modelo de produção própria em São Paulo, onde fica a sede da empresa no Brasil”, disse o governador de São Paulo, João Doria, depois de participar de uma reunião na sede da empresa, em Los Angeles.

Doria se encontrou nesta quarta-feira, 20, com Ted Sarandos, executivo chefe da área de produção de conteúdo da Netflix, considerado um dos executivos mais poderosos de Hollywood.

Um dos fundadores do serviço de streaming, Sarandos tem sob seu controle um orçamento de cerca de 15 bilhões de dólares aplicados em produções como The Crown, cuja segunda temporada acaba de ser lançada na plataforma e o filme O Irlandês, de Martin Scorsese, recém-lançado nos cinemas brasileiros.