Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Netflix paga caro por criador de ‘Glee’

Ryan Murphy receberá em torno de 300 milhões de dólares por cinco anos de contrato

Ryan Murphy é a mais nova e cara aquisição da Netflix. O criador das séries Glee, Nip/Tuck, American Horror Story e a premiada American Crime Story, assinou com o canal de streaming um acordo de exclusividade de cinco anos. Segundo o jornal The New York Times, que ouviu duas pessoas envolvidas nas negociações, a Netflix pagará em torno de 300 milhões de dólares pelo cachê do produtor.

O valor exorbitante entra para a história como o maior acordo feito entre um produtor de televisão e um canal. Murphy é mais um nome do alto escalão da TV americana a se juntar ao site de streaming. Em agosto do ano passado, a Netflix assinou com Shonda Rhimes, a prolífica criadora de séries de sucesso entre elas Grey’s Anatomy e Scandal. A produtora, contudo, teria ganhado “apenas” 100 milhões de dólares.

A aquisição de ambos faz parte da artilharia da Netflix na luta contra a Disney. Em dezembro, o estúdio do Mickey Mouse anunciou a compra da Fox (antiga casa de Ryan Murphy) por 52,4 bilhões de dólares, e avisou que em breve lançará seu próprio serviço de streaming – e vai retirar da Netflix todo seu catálogo, como filmes da Marvel e da Pixar, e séries de seus canais, entre eles a ABC, emissora em que Shonda lançou seus grandes hits.

Em entrevista a VEJA, o chefe de conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, afirmou que Shonda está com carta branca para criar como quiser. Ela já teria cinco projetos na manga e em breve anunciaria o primeiro a ser produzido de fato.