Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Netflix nega espionagem de assinantes

Segundo site americano, a empresa de vídeos entrou em contato com usuário para saber se ele estava bem depois de ver 188 episódios da série 'The Office'

A Netflix negou nesta terça-feira ter contatado um de seus usuários que, supostamente, havia visto 188 episódios de sua série favorita em uma semana. A história falsa foi postada no início do mês no PizzaBottle, um pequeno site de entretenimento americano.

Um artigo do site relata uma mensagem publicada no fórum Reddit por um desconhecido que dizia ter sido contatado pela Netflix devido ao seu consumo intenso de séries. O internauta disse que estava um pouco deprimido e que havia visto os 188 episódios da série americana The Office em uma semana. Isso daria quase dez horas de Netflix por dia.

Segundo o texto do PizzaBottle, a plataforma de vídeos pediu que ele entrasse em contato para verificar se tudo estava bem em sua vida.

 

A história, no entanto, é falsa, de acordo com a companhia de streaming. “A Netflix não contata seus assinantes de forma proativa para assegurar-se de que estão bem com base em seus hábitos de consumo”, afirmou a empresa em nota.

A história colou e viralizou porque há especulações e suspeitas de que a Netflix invada a vida privada de seus usuários. A própria gigante do streaming colabora para essa imagem. Pouco antes do Natal, a empresa publicou uma mensagem em tom jocoso no Twitter, com uma informação sobre o hábito de consumo dos assinantes. “Às 53 pessoas que viram A Christmas Prince diariamente nos últimos 18 dias: quem fez mal a vocês?”, dizia o post.

Mais: em um infográfico que resume o ano de 2017, Netflix usou outra vez de humor para dizer que um assinante havia visto Piratas do Caribe todos os dias do ano passado.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Taí, não entendi nada desta “matéria”. A Netflix já me “espiona”, uma vez que sabe as minhas escolhas de filmes, pois “Como você assistiu…”. E não vejo nada invasivo nisto. Aliás, é uma ótima forma de saber o que o cliente quer ou não quer. E poderia obter mais informações, se já não o fazem, quando busco algum filme em “BUSCA”. Assim eles poderiam saber o que o quero para, quem sabe, adicionar ao catálogo caso eu não encontre algo desejado. A NET poderia fazer o mesmo, se já não o faz também, pois veria que quase nada da programação dos canais é vista. Assim chegariam à conclusão do por que estão perdendo assinantes.

    Curtir