Clique e assine a partir de 9,90/mês

Nelson Xavier pediu para ser velado com terno de Chico Xavier

Falecido nesta terça-feira, o ator teve como último pedido vestir a peça do colega médium

Por Mabi Barros - Atualizado em 10 maio 2017, 17h32 - Publicado em 10 maio 2017, 17h29

O corpo de Nelson Xavier será velado e cremado de acordo com um últimos pedidos do ator: com um terno que pertenceu ao médium Chico Xavier, personagem que ele viveu no cinema e que mudou sua forma de ver o mundo. Falecido nesta terça-feira em decorrência de um câncer de próstata, Nelson interpretou o espírita na cinebiografia de Daniel Filho lançada em 2010, e voltou ao papel no ano seguinte em As Mães de Chico Xavier, de Halder Gomes e Glauber Filho. Antes cético, o ator converteu-se ao espiritismo e foi adepto da religião até o fim da vida.

A médica Clarissa Aires, que acompanhou o ator nos últimos quatro meses, contou a VEJA que ele queria se “despedir do planeta” em Uberlândia, terra natal de Chico. Segundo ela: “A vontade dele era de ser cremado com um terno que foi do Chico Xavier. Nos últimos meses, ele voltou a andar e morreu sem dor, não estava sedado ou tomando remédios analgésicos”.

MEMÓRIA

Nelson Xavier morreu na noite desta terça-feira, aos 75 anos, em Uberlândia (MG), em decorrência de um câncer. A morte foi comunicada por sua filha Tereza Villela Xavier em perfil no Facebook. “Lamento informar a quem possa interessar que meu pai, Nelson Xavier, faleceu esta noite em Uberlândia”, diz ela.

O corpo do ator foi transferido, celebrado e cremado nesta quarta-feira no Rio de Janeiro. Paulista, o ator se preparava para lançar Comeback, filme de Érico Rassi sobre um ex-pistoleiro com estreia prevista para 25 de maio, vinha se dedicando ao cinema. Recentemente, o ator ficou marcado por seu papel como Chico Xavier, o médium de Uberlândia, um papel que mudaria a forma de Nelson enxergar a vida. 

Continua após a publicidade

 

Publicidade