Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Natalie Wood poderia ter sido salva, diz capitão da guarda costeira que tirou corpo da atriz da água

Apesar da participação no resgate, Roger Smith não foi chamado a depor quando da morte da atriz, há 30 anos

A atriz Natalie Wood poderia ter sido salva na noite em que morreu afogada, após cair do iate do marido, o também ator Robert Wagner, há trinta anos. A afirmação foi dada pelo capitão da guarda costeira americana Roger Smith, que retirou o corpo de Natalie da água, mas, apesar da participação no resgate, não havia sido ouvido pela polícia até agora. O caso foi reaberto pela polícia de Los Angeles na semana passada.

Roger Smith disse ter recebido às 5h do dia 29 de novembro uma ligação que informava que a atriz havia caído nas águas do Oceano Pacífico, perto da ilha californiana de Catalina, e estava desaparecida fazia algumas horas. Se o telefonema tivesse sido realizado antes, afirmou aos detetives que examinam o caso agora, ele poderia ter salvado a estrela de Amor, Sublime Amor (West Side Story). Natalie Wood caiu do iate por volta das 23h do dia anterior.

“Eu nunca entendi por que demoraram a chamar o resgate”, disse Smith aos detetives, segundo o site americano Radar Online. O capitão acredita que Natalie não tenha morrido logo após cair no mar e que, se ele a houvesse encontrado antes, a teria achado com vida. “Ela estava com um vestido vinho, sem nada por baixo, e seus braços e dedos não estavam enrijecidos. Quando eu tirei seus anéis, eles se moveram facilmente. Não havia sinal de rigor mortis.”

O marido da atriz, com quem ela havia se desentendido naquela noite, a bordo do iate, estava ciente da queda da esposa, mas não a procurou no mar, segundo testemunhas, e demorou seis horas para pedir ajuda à guarda costeira. A polícia de Los Angeles, que alega ter reaberto o caso mediante o recebimento de “novas evidências”, já declarou não considerar Robert Wagner suspeito. Em 1981, a morte de Natalie Wood foi tratada como um acidente.

Noite tensa – Outra fonte ouvida pela polícia, o capitão do iate de Robert Wagner, Dennis Davern, reconheceu que a noite em que Natalie Wood morreu afogada estavam todos tensos a bordo. Ele chegou, inclusive, a distribuir sedativos para a atriz e o marido.

Leia também:

Leia também: Polícia Volta a Investigar a Morte de Natalie Wood