Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bradley Cooper ganha elogio do Peta por escalar próprio cachorro em filme

Protagonista e diretor de 'Nasce uma Estrela' receberá homenagem da organização não governamental por não ter alugado animal de empresas especializadas

A química na tela entre Lady Gaga e Bradley Cooper pode ser um dos pontos altos do filme Nasce Uma Estela, mas um outro personagem chamou a atenção pelo carinho com os atores nas cenas: o cachorrinho do casal, Charlie, que possui o mesmo nome na vida real e pertence ao próprio Cooper, protagonista e diretor da produção.

A participação do animal de estimação também chamou atenção do Petasigla para People for the Ethical Treatment of Animals, ou Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais. A organização não-governamental anunciou, na quinta-feira 5, que promoverá um novo prêmio, intitulado de Prêmio de Compaixão em Filmes. Cooper será o primeiro homenageado, por não ter alugado um cachorro de uma empresa para as gravações. 

“O cachorro feliz, adorável e muito amado do Bradley Cooper rouba a cena  e o coração dos espectadores  nesse filme, porque fica claro que ele ama estar ao lado do seu pai da vida real”, afirmou a vice-presidente do Peta, Lisa Lange, em um anúncio divulgado pela revista americana People. “Nós já testemunhamos diversos casos de abuso e negligência com cachorros dentro e fora do set e esperamos que o tipo de decisão feita por Cooper abra um precedente para todos em Hollywood começarem a fazer o mesmo.”

Durante a pré-estreia de Nasce Uma Estrela em Los Angeles, Bradley Cooper declarou à People que o nome de Charlie é uma homenagem ao pai do ator. “Os personagens principais do filme não têm uma criança juntos, mas eles têm esse cachorro e eu queria que isso fizesse parte da história”, explicou.

O novo musical, que estreia no dia 11 de outubro no Brasil, foi o primeiro trabalho de Charlie em Hollywood. O cachorro aparece nos créditos do longa e já ganhou até uma página no Imdb, uma base de dados online sobre as estrelas do cinema.