Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Museu da Língua Portuguesa vai reabrir as portas em junho de 2020

Revitalização terminou nesta segunda-feira, quatro anos depois de um incêndio destruir parcialmente o local

Por Redação - 17 dez 2019, 12h38

O Museu da Língua Portuguesa já tem uma data para ser reaberto ao público: 25 de junho de 2020. A informação foi divulgada na segunda-feira 16 pelo governador de São Paulo, João Doria. O acervo, que fica na Estação da Luz, está fechado desde dezembro de 2015, quando um grave incêndio destruiu parcialmente as estruturas da torre.

As obras de revitalização terminaram nesta segunda. Estima-se que foram gastos cerca de 81,4 milhões de reais no projeto – a maior parte do valor veio do seguro do museu e de empresas privadas.

Depois da reinauguração, o complexo passará a ter uma nova entrada, feita diretamente pela Estação da Luz da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Outra novidade é uma lanchonete no último andar, a céu aberto e com vista para o Parque da Luz e a Pinacoteca.

Abertura para ao público será no dia 27

Publicidade

O museu estará aberto a partir do dia 25, porém, o público só poderá visitar o pavimento cultural a partir de 27 de junho. Isso porque no dia da reinauguração está previsto um evento com a presença de presidentes e representantes de países lusófonos e, no dia seguinte, 26 de junho, o lugar será aberto às pessoas que trabalharam nas obras de revitalização. No dia 27, um sábado, será aberto ao público em geral de forma gratuita.

O complexo ficará fechado nos próximos seis meses para organizar o acervo e tratar de questões burocráticas.

Incêndio atinge o Museu da Língua Portuguesa, no centro de São Paulo
O museu em chamas, em dezembro de 2015 Edson Lopes Jr./VEJA
Publicidade