Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Murilo Rosa exige na Justiça que Google e YouTube retirem suas fotos íntimas do ar

Por Da Redação - 6 jun 2013, 22h32

O ator Murilo Rosa obteve nesta semana uma liminar na Justiça do Rio de Janeiro determinando que o buscador do Google e o serviço de vídeos YouTube deixem de exibir imagens íntimas do ator em seus resultados de busca.

LEIA TAMBÉM:

Murilo Rosa, a nova vítima do terrorismo na web

Publicidade

Suspeito ajuda polícia a investigar extorsão contra Murilo Rosa

Rosa foi alvo, há dois meses, do furto de algumas imagens íntimas. Uma pessoa não identificada chegou a telefonar para o ator pedindo dinheiro para não publicar mais fotos constrangedoras na web. O caso é tratado como tentativa de extorsão e investigado pela Polícia Civil do Rio.

Leia mais

Leia mais aqui

Publicidade