Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Mulheres Ricas’: chique é ser paquerada pelo Vampeta

Essência do reality foi traduzida em cena do episódio desta segunda. Apesar do título, o programa da Band tem muito mais bizarrice do que refinamento

O título Mulheres Ricas remete a um programa refinado, mas, na prática, o reality show da Band nada mais é do que uma sequência de bizarrices banhadas a champanhe e cercadas por privilégios. O episódio desta segunda-feira tornou explícita essa realidade em apenas uma cena. Andréa Nóbrega foi a única participante convidada para a festa surpresa do ex-jogador de futebol Luizão, marido de Mariana.

Em troca, ela foi paquerada por Vampeta, aquele jogador que fez ensaio sensual para uma revista gay, deu cambalhotas na rampa do Palácio do Planalto e que Andréa chamou carinhosamente de “Piveta”. A confusão de nomes pode ter sido mais forte do que ela, afinal, foram muitos anos dedicados a piadas e trocadilhos infames no banco de A Praça É Nossa, humorístico do SBT capitaneado por Carlos Alberto de Nóbrega, seu ex-marido.

LEIA TAMBÉM:

‘Mulheres Ricas’ têm motivos para sofrer – o público também

‘Mulheres Ricas’ mostram na TV o que deveriam esconder

‘Censo Mulheres Ricas’: Participantes têm até dez banheiros em casa

Em seguida, Cozete e Aeileen foram parar em uma balada que custava 500 euros a entrada. Vestidas absolutamente iguais, em um vestido curto de paetês, apesar da diferença de idade, as duas testaram seu poder de sedução no além-mar. “É meio estranho ir para a balada com alguém da idade da minha mãe”, disse Aeileen, antes de ser paquerada por um rapaz suíço que, segundo ela, tinha mau hálito.

Depois, foi a vez da empresária virar alvo de investidas masculinas. A encenação, porém, não escondeu o sofrimento de Cozete com a própria solteirice. “Eu não quero ter 90 anos e estar sozinha. Quero ver o que ela faz e não repetir a mesma coisa”, disse Aeileen.

Dupla dinâmica – Val e Narcisa têm tido participações cada vez mais curtas, mas, ao mesmo tempo, cirúrgicas. Nos poucos minutos em que apareceu, Narcisa deu chilique por ter ficado presa no elevador com dor de barriga. A sonoplastia ressaltou o sofrimento da socialite e incluiu sons de flatos na edição. Val também fez render o curto espaço de tempo a que teve direito. Ela foi a uma balada acompanhada por amigos e deu palpite sobre o futuro amoroso de Cozete. “Acho que ela tem chance ainda de ter um filho, talvez com um dos motoristas ou garçons que trabalha para ela.”

Autênticas mesmo no programa têm sido apenas as breves, porém impagáveis, participações de Luizão. Ele já falou que não gosta de glamour e deixou bem claro que quer ver a mulher bem longe da carreira de atriz. “Eu sou assim, fui criado no mato.”