Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

MP de São Paulo investiga publicidades de filme de Danilo Gentili

Parte das imagens de divulgação do longa 'Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola' não incluíam a classificação indicativa da produção

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP) abriu um inquérito para investigar publicidades do filme Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola, do humorista Danilo Gentili. Parte das peças de divulgação teria omitido a classificação indicativa do longa, informação que é assegurada pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). No local, aparecia a frase “O pior aluno da escola nunca verifica a classificação indicativa do filme”. A informação foi confirmada pela assessoria do MPSP.

 

Parte do cartaz do filme ‘Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola’

Parte do cartaz do filme ‘Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola’ (Reprodução/Divulgação)

 

O inquérito foi aberto pelo MPSP no dia 11 de outubro, véspera da estreia do longa-metragem, que traz uma polêmica cena em que o professor vivido por Fabio Porchat coloca o órgão sexual para fora da calça e, em seguida, a mão de um aluno sobre ele, pedindo, digamos, um carinho.

Trecho do documento de abertura do inquérito civil sobre a publicidade do filme ‘Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola’, de Danilo Gentili

Trecho do documento de abertura do inquérito civil sobre a publicidade do filme ‘Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola’, de Danilo Gentili (Reprodução/Divulgação)

O promotor Eduardo Dias ainda enviou informações para o Ministério Público Federal (MPF) alertando para o fato de que o filme é baseado no livro de mesmo nome escrito por Gentili. A obra possui um aviso na capa indicando que a leitura é inadequada para menores de 18 anos. O longa, no entanto, recebeu classificação indicativa para maiores de 14 anos. Nesse caso, os responsáveis pela criança ou adolescente podem definir se acham a produção adequada.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Esse filme incentiva as crianças e adolescentes a serem maus alunos na escola, filmes, novelas, séries tem o poder de mudar a opinião das pessoas, o filme faz parecer que ser um mau aluno é bom e ser um bom aluno é mau. Enquanto em países como Coréia do norte e Japão usam filmes para doutrinar os alunos a serem disciplinados, aqui se usa filmes que doutrinam a ser maloqueiros, não é a toa que a Coréia do norte tem tecnologia para fabricar uma bomba de hidrogênio, o Japão é o Gênio da tecnologia eletrônica enquanto o Brasil a unica tecnologia que tem é pra fabricar fantasias de carnaval, por isso esse país nunca avança, sempre será dependente dos outros.

    Curtir

  2. Diego Henrique Quilles Batista

    Porque a veja não posta sobre o conteúdo que passa em novelas, acabando com famílias, lotando a cabeça de nossas crianças com sexo, e vê vem colocar uma reportagem tão desnecessária como essa…Eu era assinante da Veja, saudades da velha Veja, infelizmente virou uma Veja da esquerda, com reportagens fraquíssimas, O que aconteceu com vocês?? Não falam mais sobre família, ou reportagens interessantes…Pq não postam sobre as novelas sujas da globo? O que aconteceu com essa revista que não é mais independente acredito ser aliada de esquerda agora…Vai entender

    Curtir

  3. Sério ???

    Curtir

  4. Bom mesmo é mostrar a rola para crianças, esse ministério público de são paulo deveria pesquisar os crimes cometidos no governo.E o acidente do metro que matou várias pessoas, quem foi se responsabilizou?

    Curtir