Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Movimento pede casamento gay entre bonecos do Vila Sésamo

Petição pública quer ver Bert e Ernie no altar. Produtora nega qualquer conotação homossexual dos personagens

Bert e Ernie, personagens do programa infantil Vila Sésamo, se transformaram em protagonistas de uma controvérsia que envolve o movimento pelos direitos dos homossexuais, no Estados Unidos. Uma petição pública exigiu, nesta semana, que a produtora criasse um episódio com o casamento dos fantoches, que sempre foram apontados como um casal gay por dividirem a mesma casa na atração. O movimento, criado no site de relacionamentos Facebook, tem cerca de 250 assinaturas.

A produtora se pronunciou na tarde desta quinta. Reafirmou que não existe nenhuma conotação sexual na relação entre os personagens, que foram criados para ensinar às crianças sobre a importância de conviver com pessoas de personalidades diferentes. Além disso, Bert e Ernie não passam de fantoches e, por isso, não têm uma opção sexual.