Motorista que atropelou vinte na Sapucaí está foragido

Identidade do condutor do carro alegórico não foi apresentada pela Paraíso do Tuiuti. Até agora, polícia não sabe seu nome e nem como ocorreu sua fuga

Por Leslie Leitão e Luisa Bustamante - Atualizado em 2 mar 2017, 15h08 - Publicado em 27 fev 2017, 07h59

O motorista do último carro alegórico da Paraíso do Tuiuti, que atropelou pelo menos 11 pessoas – deixando três gravemente feridas – na abertura do Grupo Especial, no fim da noite de domingo, está foragido. A Polícia Civil tenta agora identificar o condutor do veículo, já que a escola de samba prometeu levar a documentação e apresentar o motorista, mas até o final da primeira noite de desfiles nada disso foi feito. Os investigadores buscam descobrir em que momento o condutor inicial fugiu, já que teria sido um mecânico da escola quem conduziu o carro pela Marquês de Sapucaí no desfile.

Através de imagens de câmeras de tevê e do circuito de monitoramento da avenida os investigadores tentarão determinar o exato momento em que o motorista que dirigia na hora do acidente foi trocado. Policiais militares que estavam próximo não conseguiram impedir a fuga. O veículo continuou o desfile e só foi interceptado do outro lado da Sapucaí. Policiais civis descobriram, então, que o carro estava sendo pilotado pelo mecânico da escola. “Só não sabemos em que momento houve a troca”, diz um investigador.

O delegado da 6ª DP (Cidade Nova), William Bezerra, disse que o trabalho da perícia inicial, no local do fato, foi satisfatório. “A perícia vai trazer um dado importante, que indica que o campo de visão do condutor é muito pequeno. Na verdade, ele depende muito da orientação das pessoas de fora. O trabalho dele é manter o carro numa faixa amarela que tem pintada por toda a Avenida”, diz.

O delegado falou também que na primeira perícia realizada o veículo não apresentou defeito mecânico. Na manhã desta segunda-feira, porém, uma nova perícia de engenharia será realizada para confirmar se realmente não houve algum problema no carro.

Publicidade