Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Morreu Moebius, artista ‘xamã’

Por Franck Fife - 10 mar 2012, 10h51

O criador francês Jean Giraud, que assinou suas obras sob o pseudônimo Moebius, morreu neste sábado em Paris, anunciou à AFP uma de suas colaboradoras.

Jean Henri Gaston Giraud, que se inspirou para elaborar grande parte de sua obra nos xamãs e no deserto do México, tinha 74 anos.

“Morreu nesta manhã após uma longa doença”, indicou uma amiga da família, que também trabalha na editora Moebius Production Jean Giraud.

O artista, criador dos quadrinhos protagonizados pelo tenente “Blueberry”, intrigou e fascinou pela assombrosa dualidade de sua arte, que alguns classificaram de esquizofrenia, inclusive com referências a “Doutor Giraud e Mister Moebius”.

Publicidade

Foi ao assinar as ilustrações de uma série de revistas e livros de ficção científica, no final dos anos 60, que Giraud criou o pseudônimo Moebius, que pegou de um matemático alemão.

A arte de Mobieus inspirou filmes como “O quinto elemento”, de Luc Besson, “Alien”, de Ridley Scott, e “O segredo do Abismo”, de James Cameron.

Publicidade