Clique e assine a partir de 9,90/mês

Morre o ator Rip Torn, de ‘MIB’ e ‘The Larry Sanders Show’

Americano foi indicado ao Oscar uma vez e ao Emmy nove vezes, ganhando em uma delas

Por Redação - 10 jul 2019, 09h10

O ator americano Rip Torn, muito famoso por seu papel na série de televisão The Larry Sanders Show e, mais recentemente, pela franquia MIB: Homens de Preto, morreu na terça-feira 9 aos 88 anos. Segundo comunicado, o ator morreu em casa, em Connecticut, ao lado de sua mulher e de duas de suas filhas.

Torn construiu uma reputação por sua versatilidade em papéis no cinema, televisão e teatro. Em 1984, foi indicado ao Oscar de ator coadjuvante por seu trabalho em Cross Creek, mas perdeu a estatueta para Jack Nicholson (de Laços de Ternura).

Na década de 1990, Torn participou do programa The Larry Sanders Show, uma série de comédia que se tornou cult e que é considerada uma das produções mais influentes na era moderna da TV. Ele interpretava Artie, o produtor de um programa de entrevistas. Torn foi indicado seis vezes ao Emmy por esse papel, vencendo em uma delas, em 1996.

Ainda na TV, interpretou o personagem Don Geiss, na série de comédia 30 Rock, pelo qual recebeu a nona indicação de sua carreira ao Emmy.

Continua após a publicidade

O ator, nascido no Texas, também estava no elenco dos dois primeiros filmes da franquia MIB: Homens de Preto, ao lado de Will Smith e Tommy Lee Jones, como Zed, o chefe da organização secreta.

Will Smith, Rip Torn e Tommy Lee Jones em ‘Homens de Preto’ (1997) //Divulgação

Torn também recebeu uma indicação ao Tony, a maior premiação do teatro americano, pelo papel de Thomas J. Finley Jr. na peça Sweet Bird of Youth, em 1960.

(Com AFP)

Publicidade