Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre John Guillermin, diretor de ‘King Kong’ e ‘Inferno na Torre’

O britânico sofreu um ataque do coração em sua residência na Califórnia, aos 89 anos

O diretor britânico John Guillermin, de Inferno na Torre (1974) e King Kong (1976), morreu no último domingo de um ataque do coração em sua residência de Topanga Canyon, na Califórnia, Estados Unidos, aos 89 anos, informaram nesta quarta-feira os familiares do cineasta. A esposa de Guillermin confirmou a notícia em seu perfil oficial do Facebook e disse que seu marido era uma pessoa “sensível e apaixonada”.

LEIA TAMBÉM:

Morre Carlo Rambaldi, o homem que deu forma a Alien, King Kong e E.T.

A carreira do diretor inclui obras como Morte sobre o Nilo (1978), Shaft na África (1973), Crepúsculo das Águias (1966), Uma Nova Cara no Inferno (1968) e Não Importa que Morram (1968), as três últimas protagonizadas por George Peppard.

O diretor também trabalhou com Peter Sellers em A Fúria de um Bruto (1960) e A Valsa dos Toureadores (1962). Inferno na Torre, protagonizada por Paul Newman, Steve Mcqueen, William Holden e Faye Dunaway, foi agraciada com os Oscars de melhor canção original, melhor edição e melhor fotografia em 1975. O longa também recebeu a indicação de melhor filme na premiação daquele ano e também obteve o Globo de Ouro para Fred Astaire e Susan Flannery.

Guillermin também dirigiu Vôo 502: Em Perigo (1972), com Charlton Heston, e, depois, aquele que provavelmente é seu trabalho mais conhecido, King Kong, produzido por Dino De Laurentiis, para o qual contou com um elenco formado por Jessica Lange, Jeff Bridges e Charles Grodin.

No início de sua carreira, rodou dois filmes sobre o personagem Tarzan: A Maior Aventura de Tarzan (1959), com Gordon Scott, e Tarzan Vai à Índia (1962), com Jock Mahoney. Mais de duas décadas depois retomaria o gênero com Sheena: A Rainha das Selvas (1984).

(Com agência EFE)