Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre Henry Hill, o mafioso que inspirou ‘Os Bons Companheiros’

Washington, 13 jun (EFE).- O gângster nova-iorquino Henry Hill, que inspirou o filme ‘Os Bons Companheiros’, de Martin Scorsese, morreu nesta quarta-feira aos 69 anos de idade em um hospital de Los Angeles, segundo confirmaram seus familiares.

‘Seu coração simplesmente disse basta’, informou sua namorada Lisa Caserta ao site especializado ‘TMZ’, acrescentando que Hill sofria uma doença coronária há anos.

Hill trabalhou durante a década de 1970 para a família mafiosa Lucchese em Nova York, e sua história foi narrada pelo escritor Nicholas Pileggi no livro ‘Wiseguy’, no qual Scorsese se baseou para seu famoso filme de 1990 protagonizado por Ray Liotta.

‘Até onde lembro, sempre quis ser um gângster. Para nós, viver de qualquer outra maneira era absurdo’, diz Liotta em uma das cenas mais lembradas do filme.

Após realizar o famoso assalto da Lufthansa no aeroporto JFK em 1978, no qual roubou US$ 5 milhões, Hill se tornou um informante do FBI (polícia federal americana) quando foi detido por tráfico de drogas.

Como ‘delator’, seus testemunhos ajudaram a encarcerar dúzias de companheiros mafiosos e fez parte do programa federal de testemunhas protegidas durante quase uma década.

No entanto, não pôde manter-se à margem da perigosa vida popular e foi expulso do programa federal por tráfico de drogas na década de 1990.

Era colaborador habitual do conhecido programa de rádio ‘The Howard Stern Show’, onde costumava comentar suas andanças com a máfia e destacava que, apesar de suas numerosas maldades, nunca tinha matado ninguém.

Hill, que assegurava ter provado todas as drogas possíveis, publicou sua própria história em um livro intitulado ‘Gangsters and Goodfellas: Wiseguys … and Life on the Run’ em 2004.

Em 2008, foi detido em San Bernardino, Califórnia, por dirigir em estado de embriaguez.

Hill nasceu no Brooklyn, filho de pai irlandês e mãe italiana, e foi no conhecido bairro nova-iorquino onde começou sua carreira criminosa. EFE