Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre Chichita Calvino, esposa do escritor Italo Calvino

Tradutora argentina tinha 93 anos e viveu seus últimos anos em Roma

A tradutora argentina Esther Judith Singer, conhecida como Chichita Calvino, viúva do escritor italiano nascido em Cuba Italo Calvino, morreu aos 93 anos, em Roma, informaram neste sábado veículos de imprensa italianos.

Nascida em Buenos Aires em 1925, Chichita trabalhou para organismos internacionais como a Unesco e conheceu Italo Calvino em Paris, em 1962, quando era uma jovem tradutora. Casou-se com ele em Havana dois anos depois, teve uma filha, Giovanna, e ficou viúva em 1985, quando o escritor morreu em Siena.

Chichita, que também tinha outro filho de uma relação anterior, passou os últimos anos em Roma, no apartamento que dividia com Calvino. Graças ao seu trabalho como tradutora, contribuiu para divulgar no mundo todo o trabalho do escritor.

Italo Calvino nasceu em Santiago de Las Vegas, em 15 de outubro de 1923, para onde seus pais tinham se mudado por motivos de trabalho, embora tenha retornado pouco depois com sua família à Itália. Na juventude, decidiu se unir a uma brigada para lutar contra o exército nazista, do qual seus pais foram prisioneiros.

Acabada a guerra, morou em Turim, onde se formou em Literatura e começou a realizar pequenos trabalhos jornalísticos para acabar publicando seu primeiro romance realista, A Trilha dos Ninhos de Aranha, em 1947.

Em 1972, publicou As Cidades Invisíveis e, sete anos mais tarde, Se numa Noite de Inverno Um Viajante.