Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Morre aos 61 anos Phil Taylor, ex-baterista do Motörhead

Músico tocou com a banda de heavy metal entre 1975 e 1984, e entre 1987 e 1992

Por Da Redação - 12 nov 2015, 19h50

O ex-baterista do grupo britânico Motörhead Phil Taylor, mais conhecido como “Philthy Animal”, morreu na noite de quarta-feira após lutar contra uma doença não especificada, informou nesta quinta-feira um de seus antigos companheiros de banda.

Leia também:

Entrevista Faith No More: ‘O rock não morreu, só ficou estranho’

“Eu o conheço desde que ele tinha 21 anos e ele era uma ótima pessoa. Felizmente, nós fizemos músicas fantásticas juntos e tenho muitas memórias do nosso período juntos”, disse o guitarrista Eddie Clarke em sua página no Facebook. O músico afirmou que Taylor estava doente há algum tempo, “mas isso não torna as coisas mais fáceis quando a hora finalmente chega”, escreveu.

Publicidade

O baterista tocou no Motörhead entre 1975 e 1984, e entre 1987 e 1992, com um período intermédio que Taylor qualificou de “férias”. Taylor esteve presente em todos os álbuns importantes do grupo, incluídos Overkil (1979), Bomber (1979) e Ace of Spaces (1980).

O Motörhead, fundado em 1975 pelo por Ian Fraser Kilmister, conhecido como Lemmy, foi um dos grupos britânicos de heavy metal mais influentes do anos 1980.

(Com agência EFE)

Publicidade