Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre André Previn, compositor e vencedor de quatro prêmios no Oscar

Músico, que escreveu canções para clássicos como 'Minha Bela Dama' e 'Gigi', tinha 89 anos

Morreu nesta quinta-feira, 28, aos 89 anos, o músico americano nascido na Alemanha André Previn. Vencedor de quatro estatuetas do Oscar pelas composições das trilhas sonoras de Minha Bela Dama (1965), Irma la Douce (1964), Porgy and Bass (1959) e Gigi (1958), Previn morreu em sua casa, em Manhattan. A causa ainda não foi revelada.

A informação foi confirmada pela agência que representava o artista, que publicou uma homenagem em seu site oficial, reunindo seus principais prêmios e depoimentos de colegas da música, como a soprano Renée Fleming e o violinista Eugene Drucker. O texto afirma que “diversos trabalhos” de Previn poderão ser ouvidos em breve, já que o compositor continuava trabalhando.

Ao longo de sua carreira de sete décadas, o artista ficou conhecido por transitar por gêneros como o jazz, o pop e a música clássica e acumulou trabalhos em dezenas de filmes, especialmente entre os anos 50 e 60. Previn também foi condutor da Orquestra Sinfônica de Londres durante onze anos, entre 1968 e 1979, com a qual lançou um programa de televisão no Reino Unido – um de seus muitos trabalhos na televisão que acabou fazendo sua fama entre espectadores britânicos.

A Orquestra realizou um concerto em memória do músico na noite de quinta, com o atual condutor Lahav Shani e o pianista Simon Trpčeski, e compartilhou nas redes sociais o tributo lido no início da apresentação.

“A relação entre André Previn e a OSL se estendeu por mais de 50 anos, com sua nomeação como condutor principal em 1968 marcando o início de uma nova era para a orquestra”, diz a homenagem. “Sob seu comando, a OSL se apresentou para audiências vastas tanto no salão quanto na televisão, por meio do André Previn’s Music Night – o programa que transformou Previn numa estrela e a OSL num nome de peso”. E concluiu: “Nesta noite, celebramos a memória de um músico extraordinário e um grande amigo”.

A atriz Mia Farrow, que foi casada com Previn entre 1970 e 1979, também homenageou o ex-marido nas redes sociais, desejando que ele “descanse em gloriosas sinfonias”. O casal teve três filhos biológicos e dois adotados, incluindo a coreana Soon-Yi que, hoje, é casada com o diretor Woody Allen. Previn foi casado cinco vezes e seu último divórcio, da violinista alemã Anne-Sophie Mutter, aconteceu em 2006.

Previn também foi lembrado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que dedicou um post ao compositor.