Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mona Lisa é atacada com uma caneca

O forte esquema de segurança no Museu do Louvre, em Paris, não foi suficiente para impedir um ataque a Mona Lisa. Apesar do isolamento em torno do quadro – um dos mais protegidos do mundo – uma turista russa conseguiu jogar uma caneca contra a obra-prima do Renascimento. Não houve danos à pintura, mas a mulher foi encaminhada à polícia.

Uma reportagem desta terça-feira no jornal francês Le Parisien relata como foi o incidente, ocorrido no dia 2 de agosto (domingo). O diário conta que cerca de 40 turistas se acotovelavam no local quando uma caneca de cerâmica vazia se chocou contra o vidro à prova de balas que protege o quadro.

Segundo um funcionário do museu, o episódio provocou tumulto, mas não comprometeu a obra. “Naturalmente, a Mona Lisa é uma pintura cuidadosamente vigiada e protegida. Ela é mantida em uma caixa especial para protegê-la de vibrações, calor e umidade”, disse o funcionário, acrescentando ainda o vidro à prova de balas.

Essa não é a primeira vez que Mona Lisa é atacada. O quadro, visto por 8,5 milhões de pessoas no ano passado, foi danificado em 1956, quando um vândalo despejou ácido sobre a pintura, durante uma exposição em Montauban, na França. No mesmo ano, um boliviano jogou uma pedra contra a obra, estragando parte da sobrancelha esquerda da musa de Da Vinci. O sorriso enigmático, no entanto, continua inalterado.