Clique e assine com 88% de desconto

Modelo quebra protocolo e vai de terno ao casamento da princesa Eugenie

Cara Delevingne andou pelo Castelo de Windsor com smoking e chapéu, e ignorou a regra da realeza que pede vestido para mulheres

Por Redação - Atualizado em 12 out 2018, 15h13 - Publicado em 12 out 2018, 15h12

Cara Delevingne se tornou assunto na internet ao chegar no Castelo de Windsor, para o casamento da princesa Eugenie, na manhã desta sexta-feira, vestida com um smoking com direito a cartola na cabeça. O look em nada se encaixa nos padrões da realeza britânica. Segundo o código de vestimenta dos casamentos reais, homens usam terno ou fraque, enquanto mulheres devem se ater aos vestidos de comprimento médio e, na cabeça, os fascinators — uma espécie de chapéu ou tiara geralmente feita de tecido, renda e pena.

Para quebrar o protocolo de forma completa, a modelo e atriz combinou o look assinado pela grife Emporio Armani com um palito de madeira na boca, “acessório” que ela ficou mastigando até entrar no castelo.

View this post on Instagram

Publicidade

Showing up the lads 😜 @harpersbazaarus

Publicidade

A post shared by Cara Delevingne (@caradelevingne) on

 

Bissexual assumida, a modelo pode ter usado o look como uma forma de protesto em relação às antiquadas regras da realeza britânica — ou apenas quis (e conseguiu) chamar a atenção. Nas redes sociais, até o momento, ela não fez nenhuma declaração, apenas publicou algumas imagens de seu ousado estilo.

View this post on Instagram

Publicidade

Suited and booted @emporioarmani @chanelofficial hat by #nickfouquet

A post shared by Cara Delevingne (@caradelevingne) on

Publicidade