Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

“Minha mulher odeia meu programa”

Sua emissora perdeu o UFC e agora o Pânico na TV. Como lidou com isso?

No começo foi horrível. É mais ou menos como ser abandonado pela esposa. Mas a dor passa e logo se transforma em oportunidade. Nós trouxemos o Rafinha Bastos para cá. Para mim, foi uma evolução. É como casar com a Gisele Bündchen.

Com a Gisele? Por que não a Luciana Gimenez, que é sua mulher?

Não a citei para não dizerem que estou valorizando meu passe. A Gisele que me desculpe, a Luciana é mais bonita.

O que ela acha de seu trabalho como apresentador?

Minha mulher odeia o programa. Ela é meio ciumenta das mulheres bonitas que vão ao auditório.

Esse ciúme não é de sua audiência, que já é maior que a dela?

De jeito nenhum. Apesar de não gostar do programa, ela me parabenizou pelo sucesso.

Por que sua emissora tem vendido o horário nobre para transmissão de programas evangélicos?

Cristo é fashion. Muitas emissoras estão nessa onda de Cristo e vendem horários para religiosos. Se é para negociar espaço, que seja para programas que promovem a paz.