Clique e assine a partir de 9,90/mês

Michael Bay fará filme apocalíptico sobre coronavírus este ano

Diretor de franquias de ação, como 'Transformers', começa a gravar daqui cinco semanas, em Los Angeles

Por Tamara Nassif - 21 maio 2020, 16h49

O diretor Michael Bay, conhecido por franquias como Transformers e Um Lugar Silencioso, vai produzir Songbird, o primeiro filme de Hollywood rodado durante a pandemia do coronavírus. Com gravações marcadas para daqui cinco semanas, em Los Angeles, o suspense imagina um mundo em 2022 que não se recuperou do vírus – este em constante mutações – e que permanece em quarentenas cada vez mais severas.

O início das gravações recebeu o sinal verde de sindicatos de cinema e autoridades de saúde, de acordo com o portal americano Deadline. Como medida de segurança, não terão cenas com pessoas reunidas em um mesmo cômodo e o distanciamento social será cautelosamente seguido. Ele promete ainda montar cenas com antecedência, medida que vai reduzir a possibilidade de aglomerações nos bastidores e fará com que os atores não interajam uns com os outros frente a frente.

Inspirado em Atividade Paranormal CloverfieldSongbird trará para os holofotes o clima de paranoia e pânico associado a uma conspiração governamental de grande magnitude. Os detalhes da pré-produção e o processo de escalação e preparação de atores estão sendo conduzidos através de videochamadas.

O suspense terá os direitos de venda e distribuição internacional comercializados no mercado virtual de Cannes. Ao lado de Michael Bay estão os nomes Adam Mason (do seriado Into The Dark) na direção, o roteirista Simon Boyes (Má Conduta) e o cinegrafista Jacques Jouffret, de Uma Noite de Crime. O filme ainda não tem data de lançamento definida.

Publicidade