Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mia Farrow diz que Frank Sinatra pode ser pai de seu filho

Em entrevista à revista ‘Vanity Fair’, a atriz afirmou que é possível que Ronan, registrado como filho do cineasta Woody Allen, com quem se relacionou por 12 anos, seja na verdade fruto de seu relacionamento com o cantor americano

A atriz Mia Farrow admitiu que o filho Ronan Farrow, de 25 anos, pode ser fruto de seu relacionamento com Frank Sinatra, ao contrário do que diz a certidão de nascimento, em que o cineasta Woody Allen figura como pai. “É possível”, disse a atriz em entrevista à revista americana Vanity Fair, na qual fala pela primeira vez sobre o rumor que há anos circula por Hollywood sobre a paternidade de Ronan. Apesar da desconfiança — e da semelhança física com o cantor –, não foi realizado teste de DNA para averiguar a paternidade.

Leia também:

Rio está disposto a bancar filme de Woody Allen no Rio, diz Eduardo Paes

O cineasta Woody Allen O cineasta Woody Allen

O cineasta Woody Allen (/)

Mia foi casada com Sinatra entre 1966 e 1968, mas após a separação ela seguiu tendo “revivals” com o cantor, mesmo depois de começar sua história com Allen, em 1980. A reportagem da Vanity Fair conversou também com Nancy Sinatra, filha do cantor, que fala de Ronan como um membro da família. “Ele é uma grande parte de nós, e nos sentimos abençoados com sua presença em nossas vidas”, disse ela.

Abuso sexual – A revista também entrevistou Dylan, uma das filhas adotadas por Mia e Allen, e que segundo a atriz californiana sofreu abusos sexuais do diretor nova-iorquino quando era uma menina, em um porão. “Há muitas coisas de que não lembro, mas o que aconteceu no sótão eu lembro. Lembro da roupa que usava naquele dia”, respondeu Dylan. A filha do casal também disse que Allen fazia com que ela se sentisse “incomodada” e acreditasse que era uma “menina má”.

Agora, aos 28 anos, Dylan lamenta não ter insistido para que Allen fosse julgado. “Nunca me pediram para testemunhar. Se eu pudesse falar com a Dylan de 7 anos de idade, eu diria a ela para ser corajosa e ir à Justiça”, afirmou, acrescentando que recebeu durante esses anos apenas dois e-mails de Allen, que nega as acusações.

Leia também:

Filho de Clint Eastwood mostra a beleza da genética

(Com agência EFE)