Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os melhores restaurantes variados de Recife

A seleção de endereços integra a última edição do guia VEJA COMER & BEBER RECIFE

Barchef

O chef Hugo Provout assumiu o cardápio do principal restaurante do complexo gastronômico e incluiu receitas como o polvo mediterrâneo com batatas rústicas (R$ 46,00), de entrada, a lagosta com ravióli de brie e damasco gratinado (R$ 64,00) e o carré de cordeiro com crosta de pistache mais aspargos e risoto de vinho tinto (R$ 68,00). Encerra a refeição o espumone de romeu e julieta (R$ 18,00). Na unidade do shopping, saem café da manhã e almoço executivo, com pratos como o salmão com arroz sete cereais e purê de batata-doce (R$ 44,00). Avenida Dezessete de Agosto, 1893, Poço da Panela, ☎ 32048500 (450 lugares). 12h/16h e 19h/0h (sex. até 1h; sáb. 12h/15h30 e 19h/1h; dom. só almoço 12h/15h30; fecha seg.); Shopping RioMar, ☎ 3033-5050 (220 lugares). 9h/23h (dom. 11h/20h). Aberto em 2012. $$$

Boteco Steak Bistrô

O público variado inclui de executivos a turistas que frequentam a Praia de Boa Viagem. Muitos clientes gostam de começar pela porção de picanha uruguaia com tomate e cebola (R$ 12,00). Entre as receitas com pescados há panelinhas de aratu (R$ 14,00) e caranguejo (R$ 12,00), ambas acompanhadas por farofa. Entre quinta e domingo, o festival de hambúrguer destaca o madeira do rosarinho, montado em pão australiano com blend bovino, cheddar e bacon caramelizado (R$ 15,00). Shopping Recife, ☎ 31254237 (160 lugares). 11h30/22h30 (sex. e sáb até 0h; dom. 12h30/21h30). Aberto em 2012. $

Capitão Lima

O chef Rafael Chamie indica o bolinho de bacalhau com pasta de azeitona preta (R$ 27,00, seis unidades) para iniciar a refeição. Para o pedido principal, faz sucesso o eisbein, com joelho e pernil de porco defumados ladeados por chucrute, arroz de castanha e batata na manteiga (R$ 181,00, para três pessoas). Também há pratos executivos, caso da carne de sol pernambucana, guarnecida de farofa de jerimum, feijão-verde, vinagrete e arroz (R$ 22,90). Rua Capitão Lima, 102, Santo Amaro, ☎ 3222-5244 (80 lugares). 11h45/15h30 (sáb. e dom. até 16h). Aberto em 2006. $$

Ça Va Bistrô

Claudemir Barros é o chef à frente da cozinha do pequeno restaurante. Os pratos criados por ele têm infuência francesa, com toques regionais, a exemplo do pastel de pato ladeado por creme de cará e chutney de cebola (R$ 39,00, para dois), servido de entrada. No menu principal, a mesma ave aparece conftada com risoto de arroz vermelho, peras assadas e molho de uva (R$ 62,00). Vegetarianos preferem o risoto de beterraba com provolone, rúcula e amêndoas (R$ 52,00). A pera ao vinho com musse de amêndoas (R$ 18,00) adoça a refeição. Rua Capitão Rebelinho, 519, Pina, ☎ 3034-0008 (52 lugares). 12h/15h e 19h/23h (qui. a sáb. até 0h; dom. 12h30/16h). Aberto em 2010. $$$

Casato Bistrô

Dividido em dois ambientes, o casarão que abriga o restaurante tem um deque com vista para o Rio Capibaribe e um salão mais intimista. Reformulado pelo chef Claudemir Barros, o cardápio lista o brie com geleia de pimenta e torradas (R$ 39,50), sugestão para abrir o apetite. Em seguida, podem vir a pescada-amarela em crosta de castanha com purê de banana-da-terra e arroz de coco (R$ 55,50) ou o medalhão de flé-mignon ao molho tinto escoltado por fettuccine com creme de queijo (R$ 65,00). A taça de espumone de queijo e frutas vermelhas (R$ 20,00) arremata a refeição. Avenida Rui Barbosa, 1503, Graças, ☎ 3034-8909 (120 lugares). 11h30/16h e 18h/0h (ter. e dom. só almoço; fecha seg.). Aberto em 2016. $$

Chalé 92

Um casarão tombado de 1851 abriga os nove ambientes do restaurante. Em um deles, na área externa, rola música ao vivo de quinta a sábado, a partir das 20h (couvert: R$ 15,00), e, aos domingos, desde 18h (R$ 20,00). Da cozinha do chef Wellington Olímpio saem entradas como o trio chalé, charque desfiado e crocante com cebolas sobre musseline de queijo de coalho, macaxeira frita e pesto de coentro (R$ 42,00). Entre as pedidas principais, faz sucesso o camarão flambado com molho de queijo emmental e azeite trufado mais risoto de chouriço e parmesão crocante (R$ 55,00). Para acompanhar, o vinho italiano Laronchi Vini Montepulciano d’Abruzzo 2016 (R$ 81,00) repousa na adega para 600 garrafas. Rua das Pernambucanas, 92, Graças, ☎ 3034-3191 (270 lugares). 11h30/15h30 e 17h/0h (seg. e ter. só almoço; dom. até 22h). Aberto em 2016. $$

Entre Amigos

O Bode No cardápio regional que deu fama à casa constam carne de sol de bode, escoltada por feijão, arroz, paçoca, macaxeira frita e pirão de queijo (R$ 112,90, serve três pessoas). Marinado em um molho de vinho por 24 horas, o pernil baby bode vem acompanhado por farofa de cenoura, cebola francesa e pirão de queijo (R$ 49,90, para dois). A caipirosca de limão com caju (R$ 20,95) refresca a refeição, enquanto os churros com doce de leite brulée (R$ 22,95) podem encerrá-la. Semelhante à matriz de Boa Viagem, a unidade do Espinheiro montou sushi bar e bufê com preço fxo (R$ 64,90 de domingo a quinta e R$ 74,90 às sextas e aos sábados). Rua Marquês de Valença, 30, Boa Viagem, ☎ 3312-1000 (700 lugares). 11h/2h. Rua da Hora, 695, Espinheiro, ☎ 3222-6705 (550 lugares). 11h/2h. Aberto em 1994. $$

Le Chef Bistrô

O salão intimista, com bar e varanda, é decorado com cartões-postais garimpados em antiquários. O menu franco-italiano das chefs Luciana Bacelar e Taciana Teti lista, por exemplo, filé-mignon com crosta de amêndoas mais linguini ao molho de queijo Grana Padano e trufas (R$ 84,00) e mignon au poivre vert, com molho de pimenta-verde e gratin de batatas (R$ 68,00). Antes dos principais, a torrada de brioche com camarão, brie e mel (R$ 52,00, seis unidades) pode acompanhar drinques como o red cardamomo, com xarope de mesmo nome, gim Tanqueray, purê de frutas vermelhas e vodca Absolut de pêssego (R$ 32,00). Avenida Domingos Ferreira, 1097, Boa Viagem, ☎ 3129-6393 (70 lugares). 19h/0h (sex. e sáb. até 1h; sex. também 12h/16h e dom. só almoço 12h/16h; fecha seg.). Aberto em 2017. $$$

Leite

A decoração clássica transporta a clientela para outras épocas, e vale lembrar que se trata de um dos restaurantes mais antigos em funcionamento no Brasil. A cozinha variada, com forte infuência portuguesa, libera entradas como o bolinho de bacalhau (R$ 6,50 a unidade). Para a etapa principal, têm boa saída o flé de garoupa com risoto de camarão, lagosta e polvo (R$ 83,00) e o flé-mignon ao molho madeira e cogumelo-de-paris gratinado com queijo do reino, ladeado por fettuccine ao creme de leite e raspas de parmesão ( R$ 70,00). A cartola (R$ 17,00) é famosa na cidade. Praça Joaquim Nabuco, 147, Santo Antônio, ☎ 3224-7977 (160 lugares). 11h30/16h (fecha sáb.) Aberto em 1882. $$$

Massala

O restaurante ganhou uma nova unidade, na Zona Sul. Um dos atrativos é deixar que o cliente monte sua salada. O combo mais básico (R$ 13,90) inclui quatro folhas (rúcula e alfaces americana, francesa e crespa) e treze opções de vegetais, como tomate, brócolis, morango e abacaxi, cobertos com até dois molhos, como parmesão e mostarda e mel. Com massa integral, o valor sobe para R$ 17,90, e com quatros tipos de queijos e embutidos, como provolone e peito de peru, para R$ 21,90. Por mais R$ 9,90 é possível adicional salmão. O prato executivo com frango grelhado mais três acompanhamentos, como batatas rústicas e feijão-preto, sai por R$ 17,90. Pedida para acompanhar, a bebida indiana lassi, à base de iogurte e frutas, sai por R$ 5,90. Rua Joaquim Nabuco, 636, Graças, ☎ 3037-5773 (145 lugares). 7h/20h (fecha dom.). Rua Luiz Pimentel, 167, Setúbal, 3314-4698 (40 lugares). 7h/20h. (dom. 8h/15h). Aberto em 2017. $

Mingus

No menu, conduzido a quatro mãos pelo restaurateur Nicola Sultanum e pela chef Jace Souza, destacam-se pratos como os camarões em crosta de tempurá com gengibre e guarnecido de risoto de shiitake ao molho thai, à base de curry e leite de coco (R$ 79,00). Também faz sucesso o ragu de paleta de cordeiro cozida por doze horas mais nhoque de batata-doce e lascas de grana padano (R$ 59,00). Antes de chegar a eles, pode-se pedir o picadinho de mignon com fondue de queijo brie, alho-poró crocante e pão (R$ 39,00). Às sextas e aos sábados, a partir das 21h, rolam apresentações de jazz, blues e bossa nova (couvert: R$ 15,00). Rua Atlântico, 102, Boa Viagem, ☎ 3465-4000 (100 lugares). 12h/15h e 19h/0h (sex. almoço até 16h; sáb. só jantar 19h30/1h; dom. só almoço até 16h; fecha seg.). Aberto em 2001. $$$

Mocó da Villa Pães & Bistrô

O chef Marcílio de Pádua entrega um cardápio com infuências europeia e brasileira. O sarapatel de porco (R$ 16,90) pode abrir o apetite antes do flé-mignon em molho de mostarda de Djion com conhaque, manteiga e crème fraîche de pimenta-do-reino acompanhado de batata sautée (R$ 49,90). O waffe com sorvete de chocolate ou de creme mais calda de frutas vermelhas caseira fnaliza a refeição (R$ 29,00). Rua Jacobina, 106, casa 4, Graças, ☎ 98177-6077 (60 lugares). 11h/17h (sex. até 23h; fecha seg.). Aberto em 2008. $$

Nez Bistrô

Instalado em um casarão histórico do século XVII, o restaurante de infuências franco-italianas incluiu recentemente receitas veganas no menu. Nessa seção, o nhoque de batata-doce ao ragu de soja com cogumelos ao vinho (R$ 59,00) é uma alternativa. Batizado de garotas estúpidas, o prato que reúne camarão grelhado, risoto de quinoa com aspargos, abobrinha e alho-poró custa R$ 115,00. De sobremesa, a chef Marcella Souto sugere o mil-folhas recheado com sorvete de doce de leite e brigadeiro de toffee (R$ 29,00). Praça de Casa Forte, 314, Casa Forte, ☎ 3441-7873 e 3034-7873 (90 lugares). 12h/15h e 18h30/23h30 (seg. a qua. só jantar; sex. e sáb. jantar até 0h30; dom. só almoço até 16h). Aberto em 2007. $$$$

Oma Pâtisserie Bistrô

Os chefs Hellida Kelsch e Julien Duvernoy, ela brasileira e ele francês, estão à frente da casa. No horário das refeições, o menu traz receitas como o camarão empanado crocante com risoto de parmesão e farofa de amêndoas com alecrim (R$ 52,00), sucesso no almoço. Para o jantar, os chefs sugerem o brie ao forno com massa folhada, geleia de framboesa e torradas (R$ 45,00, para duas pessoas) como sugestão de entrada. Em seguida, pode vir à mesa o camarão grelhado com risoto de parmesão, ervilha-torta e farofa crocante de farinha panko com alho (R$ 76,00). O endereço funciona como pâtisserie a partir das 15h. Rua José de Godói Vasconcelos, 109, Parnamirim, ☎ 3049-0092 (75 lugares). 12h/23h30 (sex. e sáb. até 0h30; fecha dom.). Aberto em 2013. $$$

Papacapim

No almoço, a casa funciona com bufê livre a R$ 36,50 por pessoa durante a semana e R$ 41,50 aos sábados, domingos e feriados. Ficam dispostas sessenta receitas, como picanha e maminha grelhadas e sinfonia marítima de camarão, lula e polvo. Também há um menu à la carte, que lista pizzas, crepes, saladas e tapiocas. Novidade, a pizza de mussarela, alho-poró, cogumelo-de-paris e pimenta-do-reino custa R$ 60,00. Avenida Rui Barbosa, 1397, Graças, ☎ 3427-0010 (300 lugares). 11h30/15h e 17h30/23h (sex. e sáb. jantar até 0h). Rua Jack Ayres, 288, Boa Viagem, 3326-6150 (300 lugares). 11h30/15h e 17h30/23h (sex. jantar até 0h; sáb. jantar 18h/0h). Aberto em 2003. $

Papaya Verde

A casa funciona em sistema self-service e é lembrada pelos pratos árabes servidos às quartas e aos sábados. Entre as receitas está o cordeiro marinado 24 horas em vinho tinto, hortelã e salsa e então assado. Parte da clientela também procura a casa pelos pratos veganos, como a casquinha de “siri”, com carne de jaca em vez do crustáceo, e do bobó de grão-de-bico. Para quem não tem restrições alimentares, a paella reúne camarão, polvo, lagosta, frango e pescada-amarela. O quilo custa R$ 67,99 (R$ 72,99 nos sábados, domingos e feriados). Rua Santo Elias, 409, Espinheiro, ☎ 3241-6342 (152 lugares). 11h30/15h30. Aberto em 1995. $$

O Pátio Café & Cozinha

No casarão com salões climatizados, varanda e jardim é servido um bufê livre no almoço, com receitas como frango com gorgonzola e flé-mignon com batata rústica (R$ 35,90 por pessoa). À la carte, é possível encontrar os medalhões de flémignon envoltos em presunto cru com ravióli de creme de alho-poró e molho de queijos parmesão, provolone e mussarela (R$ 55,90). O risoto de camarão ao creme de espinafre, tomate e queijos parmesão e gruyère sai por R$ 56,90. Às sextas tem música ao vivo com apresentações de MPB, bolero e pop rock, a partir das 21h30 (couvert: R$ 15,00 a R$ 20,00). Avenida Rui Barbosa, 141, Graças, ☎ 3034-3534 e 99771-1615 (150 lugares). 12h/20h (qua. e qui. até 23h; sex. até 1h; dom. até 21h; fecha sáb.). Aberto em 2005. $$

Quintal, cozinha pra torar

A proposta da nova casa é fundir as cozinhas mineira e pernambucana. No quintal, os clientes podem abrir a refeição com o bolinho de carne moída (R$ 15,00, doze unidades) e seguir com rabada. Acompanham farofa de ovos e arroz (R$ 28,00). Quarta-feira é dia de cozido (R$ 52,00, duas pessoas) e no fm de semana tem sarapatel (R$ 16,00, individual; R$ 24,00, para dois). Outro sucesso, a costela de porco guarnecida de tropeiro mineiro, arroz e couve sai por R$ 28,00. A carta de cachaças lista 27 rótulos, entre eles a pernambucana Sanhaçu (R$ 10,00 a dose). Para o arremate, o sorvete de queijo do reino é banhado por calda de goiaba (R$ 12,00). Rua Oliveira Fonseca, 217, Campo Grande, ☎ 3034-9151 (170 lugares). 11h/15h (sex. a dom. até 18h). Aberto em 2018. $

Reteteu Comida Honesta

Ao incorporar o imóvel do lado, o estabelecimento duplicou de tamanho e ganhou um bar. Durante a happy hour, é possível combinar o mojito (R$ 16,50) a uma casquinha de siri (R$ 9,90). Ainda entre as entradas, faz sucesso a porção de cordeiro guisado com pão da casa (R$ 24,90, para dois). A moqueca de peixe com camarão (R$ 99,00, para três), como prato principal, é acompanhada de arroz, pirão e farofa de dendê. Para refrescar, a cerveja Reteteu (R$ 14,90, 600 mililitros) foi criada pela marca pernambucana Babylon exclusivamente para o restaurante. Rua Professor Otávio de Freitas, 256, Encruzilhada, ☎ 3204-4137 (150 lugares). 12h/15h (sáb. e dom. até 16h). Aberto em 2015. $

Sabor do Bonfim

Do forno a lenha saem pizzas com massa e molho preparados na casa. Entre as pedidas tradicionais está a de calabresa (R$ 31,90). Nas versões mais criativas aparecem a pizza de presunto com abacaxi e a de rúcula com tomate seco (R$ 38,90 cada uma). A cobertura de cartola (banana, açúcar e canela) faz as vezes de sobremesa (R$ 32,90). Rua BonfIm, 115, Carmo, Olinda, ☎ 3494-8109 (100 lugares). 18h/1h (fecha seg. e ter.). Aberto em 1993. $

Skillus

No almoço, o bufê de acompanhamentos dispõe saladas, queijos, frutos do mar e sushis preparados na hora, enquanto a chapa libera cortes de maminha, picanha e costela. No balcão há ainda sobremesas, como o brigadeirão e o pudim. A refeição sai por R$ 63,90 o quilo. À noite, o rodízio de pizzas, crepes e saladas (R$ 19,99, de domingo a quinta, e R$ 24,99, às sextas e aos sábados), com mais de cinquenta variedades, garante o movimento. Entre as opções mais solicitadas está a pizza de peperone. Rua General Joaquim Inácio, 515, Ilha do Leite, ☎ 3423-8603 (420 lugares). 11h30/15h e 18h/23h. Aberto em 1994. $

Solar do Douro

O endereço renovou o cardápio, que agora inclui receitas inspiradas em outras nacionalidades. Entre elas está a salada thai, preparada com alface-americana, acelga, pimentão conftado, camarões mornos, gergelim torrado e molho tarê (R$ 35,00). Na sequência, o camarão ao pesto é servido com linguini no próprio molho (R$ 49,00). O pato au poivre (R$ 55,00) traz uma coxa marinada e cozida em baixa temperatura, servida com batatas rústicas e arroz de alho- poró. Por fm, a sobremesa torre malakoff combina mil-folhas de massa folhada com doce de leite aromatizado com anis, servido com sorvete de creme (R$ 18,00). Avenida Engenheiro Antônio de Góes, 60, JCPM Trade Center, Pina, ☎ 3204-3917 (120 lugares). 7h/10h e 12h/16h (fecha sáb. e dom.). Aberto em 2016. $$

Villa Cozinha de Bistrô

As fatias de queijo de coalho grelhadas na chapa, cobertas com cebola caramelada, tomate, manjericão, agrião e rúcula (R$ 24,90), podem abrir o apetite de uma dupla de clientes. No menu principal, a salada saumon, com filé de salmão grelhado coberto por shiitake e palha de alho- poró sobre cuscuz marroquino (R$ 49,90), divide espaço com o arroz de cordeiro (R$ 43,90). A adega com 100 rótulos guarda o tinto chileno Ventisquero Queulat Gran Reserva Pinot Noir (R$ 91,00). Rua da Hora, 330, Espinheiro, ☎ 3426-2902 e 98889-5020 (150 lugares). 12h/15h e 18h30/23h30 (sex. e sáb. até 0h; dom. só almoço até 16h). Aberto em 2007. $$$

Wiella Bistrô

O restaurante agora está sob a batuta da chef Fernanda Wiethaeuper. Ela sugere, como entrada, o salmão em crosta de pistache com musseline de couve-flor (R$ 42,00), que pode acompanhar o espumante Cava Cristalino Brut (R$ 110,00). Entre os pratos principais, o camarão com nhoque de mandioquinha e emulsão de rúcula (R$ 98,00) divide o menu com o lombo de cordeiro com tomilho e risoto de parmesão (R$ 75,00). A versão de petit gâteau da casa leva doce de leite, paçoca de amendoim e sorvete de creme (R$ 23,00). Avenida Engenheiro Domingos Ferreira, 1274, loja 16, Shopping da Decoração, Boa Viagem, ☎ 3463-3108 (150 lugares). 12h/15h e 19h/0h (sáb. só jantar; dom. só almoço). Aberto em 2003. $$$$

+ Os melhores endereços gastronômicos de Recife