Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

McDonald’s transforma Asterix em garoto-propaganda e irrita franceses

“Tem Ketchup no bigode de Asterix”, anuncia artigo do jornal francês Le Figaro sobre um tema que tem provocado a ira dos franceses: a rede de fast-food McDonald’s escalou o clássico personagem de quadrinhos como o seu mais novo garoto-propaganda. Em um outdoor, pode-se ver o herói gaulês e seus amigos fazendo seu tradicional banquete em uma lanchonete – enquanto o bardo Chatotorix aparece amarrado a uma árvore ao lado de fora.

“A nova campanha do McDonald’s mostra o legendário defensor da tradição francesa comendo em uma loja da rede. Nada mais é considerado sagrado, hoje em dia?”, questiona o artigo do jornal. “Os tempos mudam, os hábitos alimentares, também, mas Asterix comendo Big Mac e batata-frita?!”, continua o texto.

O anúncio é um de três criados pela agência de publicidade Euro RSCG para a campanha “Venha como Você É”. Os outros usaram a Cinderela chegando ao drive-thru do McDonald’s em uma abóbora, e o personagem com máscara de fantasma de Pânico comendo um Big Mac.

Essa não é a primeira vez, no entanto, que o Asterix foi submetido às forças do capitalismo. Em 2001, o McDonald’s o contratou para substituir Ronald McDonald em sua campanha de marketing, na época de lançamento do filme Asterix e Cleópatra.

Deve-se dizer, por isso, que a rede de lanchonetes é corajosa – ou insistente. O McDonald’s tem sido alvo frequente do sentimento anti-americano na França, e tem sido visto por muitos como símbolo da ameaça à cultura e culinária francesas imposta pela globalização e a junk food. Em 1999, manifestantes contra a globalização liderados por José Bové destruíram um restaurante do McDonald’s no sudoeste da França e despejaram o entulho do lado de fora da prefeitura da cidade.

(Com agência Reuters)